Política

Manifestantes contra PEC do Governo quebram a porta da presidência da Alepi.

Eles gritavam: “Aqui só tem trabalhador, bandido está aí dentro!".

Política Redação Piripiri 21 de dezembro de 2016 11:13h


Manifestantes estão na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) realizando um ato para impedir aprovação da proposta apresentada pelo governador Wellington Dias (PT) com o objetivo de limitar os gastos públicos em um prazo de 10 anos. A proposta está prevista para ser analisada nessa quarta-feira (20).

Indignados e aos gritos de “Aqui só tem trabalhador, bandido está aí dentro”, os manifestantes tentaram entrar na sala da presidência da Assembleia Legislativa, do presidente Themístocles Filho, onde alguns deputados estavam concentrados. Eles chegaram a quebrar a porta de acesso para a sala, mas foram contidos pelos policiais que estão no local. Alguns deputados tentaram falar com os manifestantes, mas sem sucesso.

“Nós estamos indignados com essa PEC do governo, não tem razão para poder passar essa PEC aqui, que estamos denominando de PEC da Morte, pois acaba com o reajuste dos professores, da classe trabalhadora do Piauí e inviabiliza o concurso público, o crescimento das carreiras, além de aumentar a previdência para nós servidores públicos. A maior indignação é que dentro da articulação com outros poderes, no caso da Previdência, tiraram de fora o Judiciário, o Ministério Público, o Tribunal de Contas e Legislativo, que ganham mais. Então quem vai pagar a conta são os servidores, por isso somos contrários e por isso vamos inviabilizar essa votação aqui”, afirmou a presidente do Sinte, Odeni Silva.

Com informações do GP1.com