Polícia

Irmãs usam WhatsApp para planejar assalto ao próprio pai.

"O lance é surpreender ele", recomenda a filha.

Polícia Redação Piripiri 30 de abril de 2016 17:00h

Dois homens armados invadiram a casa de um comerciante, em Guararapes, município do interior de São Paulo, fizeram ele e as três filhas reféns, agrediram o homem com coronhadas e fugiram levando 18 500 reais em dinheiro, três armas e 40 000 reais em joias da família. Pai e filhas foram deixados amarrados. O esclarecimento do assalto, realizado no dia 27 de março, chocou os moradores da cidade. A polícia descobriu que o crime foi planejado pelas duas filhas mais velhas do próprio comerciante. Elas combinaram o crime em detalhes com os executores usando o aplicativo WhatsApp de seus celulares.

A filha de 21 anos, planejou o crime durante quarenta dias e acabou envolvendo a irmã, de 17 anos. Apenas a filha caçula, de 14 anos, não sabia de nada. A mentora alegou que o pai havia retirado 200 000 reais de sua conta poupança.

A polícia descobriu a trama após ter acesso às mensagens gravadas no celular da jovem. Ela criou e administrava o grupo pelo qual, com a ajuda de um amigo estudante de direito, fez contato com os criminosos. A filha chegou a mandar a planta da casa para os assaltantes e fotos do cofre onde estavam o dinheiro e as joias. Também se incumbiu de dopar os cães para facilitar a entrada do trio.

As mensagens trocadas pela filha com os criminosos estarreceram o delegado Alessander Dias Lopes, que investigou o caso. Numa delas, a jovem avisa os bandidos que o pai tem uma arma.

"O lance é surpreender ele", recomenda. "Se ele atirar, vou atirar também", escreveu. Em outra mensagem, a filha afirma que o pai está "com rolo com a Justiça", por isso deixaria o dinheiro em casa, e não numa conta bancária.

A filha também pede aos criminosos que sejam duros com ela e as irmãs e agridam o pai para dar veracidade à ação. "A gente tem que considerar vocês entrarem com eles aqui", avisou.

O esclarecimento do caso foi anunciado numa entrevista coletiva, na última sexta-feira (29), com a participação do delegado seccional de Araçatuba, Mauro Gabriel. A polícia desconfiou do envolvimento de alguém da casa porque, além do pai, só as filhas sabiam da existência de um fundo falso num armário, onde eram guardadas as armas e as joias. Além dos dois executores e da jovem, a polícia prendeu dois suspeitos da receptação do material roubado.

Parte das joias e as armas foram recuperadas. O dinheiro deveria ser dividido com as duas irmãs, mas os assaltantes ficaram com todo o valor. O comerciante negou que tivesse ficado com o dinheiro da filha, mas admitiu que tinha um relacionamento "tumultuado" com ela. Os nomes não foram divulgados para preservar as menores - vítima e coautora.


Lava Jato denuncia marqueteiro do PT, Odebrecht e outras 15 pessoas

Polícia Redação Piripiri 28 de abril de 2016 15:00h

Procuradores da Operação Lava Jato apresentaram no início da tarde desta quinta-feira (28) novas acusações feitas pela força-tarefa. Durante entrevista na sede do Ministério Público Federal do Paraná, em Curitiba, foram denunciados os investigados na 23ª e na 26ª fases, chamadas de Acarajé e Xepa, respectivamente.

Ao todo, são 17 denunciados. Na primeira leva, estão o marqueteiro João Santana e sua mulher, Mônica Moura, além do acusado como operador de propina Zwi Skornicki. Também fazem parte da lista os ex-diretores da Petrobras Renato Duque, Eduardo Musa e Pedro Barusco, além de João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, e João Carlos de Medeiros Ferraz, ex-presidente da Sete Brasil.

Na segunda parte das denúncias, referentes à Odebrecht, estão o ex-presidente da empresa Marcelo Bahia Odebrecht, que continua preso, e sua secretária Maria Lúcia Guimarães Tavares, que fez delação premiada. Também figuram executivos da empreiteira, como Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho e Luiz Eduardo da Rocha Soares. Santana, Moura e Vaccari também estão citados na segunda denúncia. Os outros eram funcionários da Odebrecht. Ainda não foram detalhados os termos da acusação.

São as primeiras acusações formais desde que a Lava Jato avançou sobre o "departamento de propinas" da Odebrecht e sobre o ex-senador Gim Argello (PTB), preso preventivamente sob suspeita de receber R$ 5,3 milhões para evitar a convocação de empreiteiros nas CPIs que investigaram a Petrobras no Senado e no Congresso em 2014.

Até hoje a operação já apresentou 37 denúncias contra 179 pessoas acusadas de crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, formação de organização criminosa, tráfico de drogas, crimes contra o sistema financeiro, dentre outros. Das 37 acusações, o juiz Sérgio Moro já proferiu sentença em 18 ações penais, contabilizando 93 condenações cujas penas somadas chegam a 990 anos e sete meses de prisão.

Os investigadores apontaram o pagamento de R$ 6,4 bilhões em propinas, dos quais ao menos R$ 2,9 bilhões já foram recuperados por meio de acordos de colaboração premiada. Ao todo, segundo o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, já são 65 acordos de colaboração firmados no âmbito da operação.

Histórico

A operação Acarajé efetuou a prisão do publicitário João Santana e de sua mulher, Mônica Moura, acusados de receberem dinheiro de forma ilegal da empreiteira Odebrecht. Santana foi um dos responsáveis pela campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff, em 2014. Já a operação Xepa foi um desdobramento da Acarajé, com foco especial nas conexões da Odebrecht, após o depoimento prestado pelo publicitário.

Em março, o publicitário e sua mulher confirmaram ter recebido dinheiro não declarado à Receita Federal da Odebrecht. De acordo com eles, os pagamentos se referiam a campanhas políticas realizadas fora do país. Na época, a Polícia Federal afirmou que o material aprendido na 23ª fase "descortinou um esquema de contabilidade paralela no âmbito do Grupo Odebrecht destinado ao pagamento de vantagens indevidas a terceiros, vários deles com vínculos diretos ou indiretos com o poder público em todas as esferas".

Entre esses pagamentos, destacam-se cerca de US$ 4,5 milhões de Zwi Skornicki, apontado como operador do esquema da Petrobras, além de US$ 3 milhões de offshores ligadas à Odebrecht. O juiz Sergio Moro já havia decretado o bloqueio das contas pessoais de Santana, sua mulher e Skornicki, funcionário da Odebrecht.

Outro alvo da 23ª fase da Lava Jato, o funcionário da Odebrecht Fernando Migliaccio da Silva, foi preso em Genebra, na Suíça. A polícia do país europeuexecutou a prisão após solicitação do MPF suíço, em fevereiro. Migliaccio é acusado de realizar pagamentos no exterior seguindo ordens do grupo Odebrecht. As investigações da Lava Jato analisam se ele era um dos responsáveis por administrar contas usadas pela companhia para pagar propinas no Brasil e em outros países.

UOL Notícias

Marido mata esposa a pauladas e enterra o corpo no quintal de casa

O suspeito alegou que as marcas de sangue eram de porco.

Polícia Redação Piripiri 22 de abril de 2016 09:10h

Os moradores da cidade de Jaguaré, Norte do estado do Espírito Santo, estão chocados com um crime ocorrido no início da semana, no município. Uma mulher, identificada apenas como Simone Rodrigues Gonçalves, de 31 anos, foi brutalmente assassinada pelo próprio marido, Ademir Brandio de Moraes, 39 anos.

De acordo com informações da Polícia Militar da cidade, que investiga o caso,  a vítima estava desaparecida desde a última sexta feira, fato que intrigou os familiares e amigos. Os policiais receberam uma denúncia e foram até a residência do casal, onde foram encontradas marcas de sangue pelo chão. O suspeito afirmou que o sangue era um porco que ele havia acabado de matar.

Após averiguação, os policiais encontraram o corpo enterrado no quintal. Vizinhos, que preferiram não se identificar, informaram que Ademir Moares costumava agredir a própria companheira. "Ele batia nela, ele bebia, era agressivo. Ela não merecia isso, foi covardia", disse.


Um estudante de 14 anos foi apreendido dentro de uma escola pública de Teresina com uma arma de fogo - calibre 38 - e cerca de 14 gramas de um pó branco, provavelmente, cocaína. O caso foi registrado na Unidade Escolar Gabriel Ferreira, situada no bairro Vermelha, zona Sul da capital. O flagrante ocorreu após denúncia à Companhia Independente de Policiamento Escolar (Cipe), que realizava rondas de rotina no colégio. 

"Nos informaram que um aluno estava com uma arma de fogo na mochila. De pronto, localizamos a bolsa e constatamos a veracidade do fato. Na busca pessoal feita no aluno localizamos uma quantidade de droga, supostamente, cocaína. Ele foi levado para a Central de Flagrantes, acompanhado de familiares e da direção da escola, para que fossem adotados os procedimentos legais", disse o capitão Jansen Cerqueira, comandante do Cipe.

A arma apreendida era um revólver calibre 38, sem projéteis. O capitão Jansen Cerqueira disse que o tipo de ocorrência registrado na Escolar Gabriel Ferreira é considerada atípica e as escolas com maiores ocorrências de violência estão situadas nos bairros Promorar e Parque Piauí. 

"Esse fato que ocorreu ontem, não é comum. Geralmente, o Cipe age para controlar brigas dentros das escolas provocados por alunos com histórico de indisciplina. O número de efetivo do Cipe é pequeno, mas diariamente traçamos um roteiro de atuação, obedecendo a questão da demanda, se a direção da escola fez algum tipo de solicitação. Atualmente, a equipe reforça o policiamento em escolas do Promorar e Parque Piauí, onde são registrados muitas invasões", explica o capitão Jansem. 


A aposentada Iolanda Pinto Nascimento, de 82 anos, foi agredida após ter a casa invadida por um criminoso que se passou por um funcionário da Eletrobras Piauí. Ele conseguiu roubar joias e dinheiro da idosa, que por pouco não foi morta pelo bandido. 

Segundo relatos de testemunhas, a mulher estava sozinha quando ouviu alguém do lado de fora casa afirmando ser da Eletrobras, e que queria entrar para averiguar o uso de energia na residência, pois o consumo estaria muito alto.

Quando a mulher abriu o portão de casa, o homem logo anunciou o assalto, deixando a vítima trancada dentro de um quarto. "Cadê as joias?", dizia o criminoso, de forma agressiva, ao tempo que arrancava um colar do seu pescoço.

Ameaçada e com medo, ela ainda entregou R$ 200, uma pulseira e anéis. O roubo deu um prejuízo de cerca de R$ 3.000 na idosa.

Antes de ir embora o assaltante ainda chegou a dizer: "Isso é pra você aprender a não abrir a porta pra ladrão". Ele trajava camisa listrada, calça jeans, era moreno e de estatura média. A moto usada pelo elemento seria uma Honda Titan da cor preta.

Em nota ao site a Eletrobras informou que está em plena campanha de fiscalização das unidades consumidoras, e orientou para alguns cuidados na identificação dos profissionais da empresa: observar se os técnicos estão devidamente uniformizados, identificados com crachá e a logomarca da Eletrobras. Além disso, o veículo utilizado pela equipe deve ter a marca da empresa terceirizada e, de forma bem visível, o símbolo da Eletrobras.

A distribuidora afirmou ainda que nenhum de seus funcionários está autorizado a receber qualquer valor em dinheiro como forma de pagamento pelo o serviço de inspeção efetuado. O telefone 0800 086 0800 foi disponibilizado para informações e denuncias.


Polícia prende dupla de estelionatários em flagrante quando tentavam dar golpe

Os alvos eram trabalhadores na cidade de Piripiri e região.

Polícia Redação Piripiri 20 de abril de 2016 09:44h

Polícia Civil prende dupla de estelionatários em flagrante quando tentavam dar golpe de quase meio milhão de reais em trabalhadores na região.

A Polícia Civil do Piauí, através da 4a Delegacia Regional de Piripiri sob o comando do Delegado Jorge Terceiro prendeu na tarde de hoje uma dupla de estelionatários que aplicava golpe em milhares de trabalhadores na cidade de Piripiri e região.

Segundo informações obtidas, no final da tarde de hoje foram presas as pessoas dos nacionais NATANAEL MENDES FERREIRA - vulgo "NATAN" e MAILSON JOSE HOLANDA DE SOUSA, oriundos do Maranhão, que teriam contatado pessoas na cidade para arregimentar trabalhadores para alegadas obras na região Sudeste e em Pernambuco. Cada pessoa arregimentada teria que pagar uma quantia total em torno de R$ 380 ou R$ 400 para "cadastro" que seria ao final dividido entre os envolvidos no golpe.

Algumas das pessoas da cidade responsáveis por conseguir trabalhadores para a empresa dos estelionatários desconfiaram dos dois indivíduos que chegaram na manhã de hoje já questionando pelo dinheiro dos cadastros... Elas entraram em contato com a Polícia Civil que imediatamente saiu em campo, localizou e prendeu em flagrante a dupla de estelionatários.

"Logo que fomos informados do fato já saímos em diligência, identificamos e localizamos a dupla que ainda estava na cidade. Em poder deles foram encontradas dezenas de carteiras de trabalho de vítimas e crachás com nomes falsos usados pela dupla. A pessoa de MAILSON, por exemplo, usava um cartão tipo crachá impresso com o nome "RICARDO FORTES" com o qual se identificava para as vítimas, crachá este de uma empresa "NK" que seria de propriedade do outro estelionatário NATANAEL". Afirmou o Delegado Regional Dr. Jorge Terceiro que comandou as diligências juntamente com os agentes Wagner e Kempes.

Na Delegacia a dupla não soube informar quais as alegadas obras para as quais estavam atrás de trabalhadores, bem como não apresentaram um único documento acerca desse fato. Também não souberam explicar a presença dos crachás com nomes falsos e porque não se apresentavam com seus nomes verdadeiros para as pessoas na cidade, bem como o fato de no hotel em que se hospedaram não terem preenchido sequer o cadastro. 

Para os trabalhadores que tinham pago o cadastro, a dupla de estelionatários informava que iriam para os locais das obras "de avião" nos aeroportos de Teresina e Parnaíba.

Por fim, restou claro para a Polícia que o objetivo da dupla era receber as quantias dos cadastros dos trabalhadores e, como pretendiam mil trabalhadores, o valor total do golpe poderia chegar a quase meio milhão de Reais.

A dupla ficou presa em flagrante na Delegacia de Polícia Civil de Piripiri pela prática do crime de ESTELIONATO previsto no artigo 171 do Código Penal. O dinheiro já pago por parte das vítimas foi apreendido e será restituído aos proprietários.

"Alertamos a população para que esta desconfie de propostas de emprego e cadastramento de trabalhadores para trabalhar em outros Estados, principalmente se houver cobrança de quantias para "dar início" à contratação. Mesmo que a obra e empresa sejam verdadeiras e estejam regulares, o simples fato de cobrar quantias desses trabalhadores nessas situações também configura crime de ALICIAMENTO DE TRABALHADORES previsto no artigo 207, §1o do Código Penal", conclui o Delegado Jorge Terceiro.


Mototaxista é morto a tiros pelo passageiro durante assalto no PI

O latrocínio aconteceu na avenida e acesso a Lagoa do Portinho

Polícia 15 de abril de 2016 09:29h

Na tarde desta quinta-feira (04/04), o corpo de um homem identificado como Francisco Eudes Araújo dos Santos, de 55 anos, foi encontrado com marcas de tiros nas margens da estrada que dá acesso a região da Lagoa do Portinho, no litoral do Piauí.

Segundo a polícia, o passageiro teria anunciado um assalto, baleado o mototaxista e em seguida fugido com a motocicleta. O latrocínio aconteceu na avenida Dr. João Silva Filho, via de acesso a Lagoa do Portinho.

De acordo com informações da perícia, no corpo havia cerca de quatro perfurações possivelmente de pistola ponto 40. A vítima estava usando um colete de mototaxista e a sua motocicleta não estava no local, fazendo com que o crime seja relacionado a latrocínio ou queima de arquivo.

Profissionais do Instituto Médico Legal foram acionados até o local para realizar os devidos procedimentos.

Com informações do Portal Catita

Em Piripiri, blitz retém cerca de 30 motos e aplica multas

Moto sem placa, piloto sem CNH e não uso do capacete são infrações mais comuns..

Polícia 14 de abril de 2016 10:47h

A blítz da Superintendência Municipal de Trânsito com o apoio do Moto Patrulhamento da Polícia Militar aconteceu na manhã desta quinta-feira (14) na Avenida Dr. João Bandeira Monte, próximo ao cruzamento com a Avenida Tomaz Rebêlo. 

Mais uma vez a reportagem do Piripiri40graus flagrou em puco tempo, dezenas de motocicletas sendo retidas e muitas autuações sendo lavradas como por exemplo; motos sem a placa, sem documentação ou com ela em atraso, condutores não habilitados e a falta de uso de itens de segurança, como o capacete, são as infrações mais comuns nas abordagens feitas pelos agentes de trânsito.

Esta dupla que não usava capacetes tentou escapar da barreira empreendendo fuga, mas logo foi seguida pelos motoqueiros da pm que os conduziram até os agentes para a devida averiguação.

A multa aplicada pelo não uso do capacete é em torno de 191.00 reais e pilotar sem a CNH o valor da infração é de 574.00 reais. Se a moto estiver com a documentação em atraso será recolhida para o Detran local e liberada somente depois do proprietário colocá-la em dia.

(Tenente Vicente, comandante do moto patrulhamento da PM durante blítz nesta quinta (14)



PRF encontra moto abandonada às margens da BR 343 em Piripiri

O veículo foi abandonado dentro do mato, próximo ao balão da Uespi

Polícia Redação Piripiri 13 de abril de 2016 09:57h

A polícia rodoviária federal chegou até a moto modelo Houston através de uma ligação telefônica nesta terça-feira (12) informando o local onde a mesma tinha sido abandonada dentro do mato, às margens da BR 343, próximo a rotatória do Campus da Uespi. Mesmo sem a placa e bastante danificada, após os levantamentos feitos pela PRF, não foi constatado queixa de roubo ou furto da motocicleta. 

A proprietária, que é de Piripiri, já foi identificada, podendo ir buscar o veículo com a devida documentação, no posto da PRF local. As circunstâncias do abandono da moto ainda são desconhecidas. 


Em Teresina, 15 presos cavam túnel em banheiro e fogem de penitenciária

Fuga aconteceu na madrugada desta terça (12); esta é a 2ª só este ano.

Polícia 12 de abril de 2016 09:54h

Pelo menos 15 presos fugiram na madrugada desta terça-feira (12) da Penitenciária Irmão Guido, em Teresina, após cavarem um túnel no banheiro do pavilhão anexo. Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Kleiton Holanda, esta é a segunda fuga registrada somente este ano no presídio. Em todo o sistema prisional foram abortadas 45 tentativas de fuga.

De acordo com ele, o túnel feito pelos detentos tem 80 centímetros de largura e dois metros de profundidade. Um policial militar que estava na guarita percebeu a ação e acionou o agentes. Após saírem da cela os detentos pularam o muro e entraram na mata. Próximo ao muro do presídio foram encontradas roupas, cordas e uma bíblia jogadas no chão.

"Os detentos não levantaram nenhuma suspeita. No fim de semana, os agentes encontraram um buraco na parte superior da gaiola que dá acesso à laje e abortaram mais uma tentativa. Esta situação só demonstra a estrutura debilitada do presídio, com piso e teto comprometidos", disse Kleiton Holanda.

Ainda conforme o vice-presidente do Sinpoljuspi, no pavilhão anexo ficam os presos ameaçados de morte e considerados de alta periculosidade. Policiais da Companhia de Policiamento do bairro Promorar fazem buscas na região.

O subsecretário de Justiça, Carlos Edilson, confirmou a fuga, mas não assegurou a quantidade exata de fugitivos. Os detentos do pavilhão foram colocados no pátio, onde os agentes realizam a contagem dos presos.

O buraco usado para a fuga foi fechado por volta das 9h30. Atualmente a Irmão Guido tem 450 presos, sendo a capacidade de 324 pessoas.

Com informações do G1 Piauí

Moto Patrulhamento da PM recupera mais uma moto roubada.

Polícia Redação Piripiri 11 de abril de 2016 11:52h

A moto modelo CG Titan de cor vermelha foi encontrada abandonada em um matagal no bairro Anajás na manhã desta segunda feira, dia 11. A equipe do Moto Patrulhamento comandada pelo tenente Vicente chegou ao local e após levantamento, constatou-se que a mesma era produto de roubo/furto, sendo encaminhada para a delegacia de polícia, onde será devolvida para o proprietário.

Pai é suspeito de matar o próprio filho

Pai e filho costumavam beber muito e brigas eram constantes entre os dois.

Polícia Redação Piripiri 10 de abril de 2016 10:57h

Uma das linhas de investigação que a polícia civil trabalha para desvendar a morte de Jucivaldo Lima Sales o “Binga” é a de que o pai teria assassinado o próprio filho. O corpo do homem de 29 anos foi encontrado em um matagal distante cerca de 100 metros da residência onde ele morava com o pai na localidade Velame, em Campo Maior.

Testemunhas afirmam que o idoso teria se envolvido em uma discussão com o filho na noite anterior. Populares contam ainda que pai e filho costumavam beber muito e brigas eram constantes entre os dois.

O delegado Andrei Alvarenga não confirmou essa suspeita. Andrei disse que 80% da investigação está concluída, mas que os detalhes serão mantidos em sigilo. “Não posso divulgar essa informação. Não posso confirmar isso. Seria leviandade. Temos que apurar direitinho”.

O idoso foi ouvido, mas se encontrava alcoolizado e terminou sendo liberado. O delegado Andrei Alvarenga disse que o pai e outros testemunhas foram ouvidas informalmente e que na segunda-feira serão ouvidas novamente. “Nós temos uma testemunha chave, temos uma linha de investigação consolidada, mas é um caso muito difícil em relação ao outros”, revelou.

Com informações do Campo Maior em Foco

Mais uma Rebelião na Penitenciária Mista de Parnaíba

Presos quebraram cadeados e saíram das celas iniciando motim

Polícia 09 de abril de 2016 08:32h

No início da noite dessa sexta (08) vários presos da Penitenciária mista de Parnaíba se rebelaram iniciando um motim. Eles quebraram cadeados, saíram das celas e queimaram colchões e outros objetos.

Muitas viaturas com policiais militares, ambulâncias e o corpo de bombeiros foram acionados para o local para tentar controlar a situação. O motivo da rebelião ainda é desconhecido, haja visto que nenhum preso fez nenhuma reivindicação. Um detento saiu ferido atingido por uma pedra atirada por um dos revoltosos.

A Penitenciária Fontes Ibiapina tem alas masculina e feminina e muitos piripirienses cumprem pena no local pelos mais diversos tipos de crimes.

com imagens: Parnaíba em Nota

Delegada Anamelka Albuquerque e Delegada Lucivânia Vidal, na investigação de crimes contra a mulher.

A coordenadora do Núcleo de Feminicídio do Estado do Piauí, delegada Anamelka Albuquerque, investiga casos de revanchismo pornográfico em Piripiri. Segundo ela, são casos em que ex-namorados distribuem, via internet, agora cada vez mais rápido, imagens íntimas das vítimas. “Estes são casos que ex-namorados, ex-maridos ou ex-parceiros que, supostamente, enviam essas imagens da vítima por vingança, inconformados com o fim do relacionamento. Quando acontecem esses casos, fazemos a investigação sob a ótica da violência doméstica/familiar”, explicou a delegada.

Segundo a delegada Anamelka Albuquerque, após a comprovação de que a mídia foi publicada pelo agressor apontado pela vítima como sendo responsável pela divulgação do material pornográfico, o autor irá responder por crime de difamação. “O autor responderá por crime de difamação, atrelado a Lei Maria da Penha, e vai sofrer as punições cabíveis. Todas as demais pessoas que fizerem a publicação dessa mídia depois do autor do fato ter colocado na rede, também responderão por crime de difamação”, assegurou Anamelka.

Dois casos estão sendo investigados em Piripiri. Algumas pessoas já foram ouvidas pela delegada Anamelka. Os nomes são mantidos em segredo. Fonte: Portalsenfronteiras


Mulher tem casa invadida e é estuprada na frente do filho

A polícia retirou o garoto nu de cima da vítima.

Polícia Redação Piripiri 07 de abril de 2016 09:02h

Na madrugada desta quinta-feira (07/04), uma mulher foi estuprada  na frente do seu filho após sua residência ter sido invadida por um adolescente de 17 anos no bairro Rosápolis, na cidade de Parnaíba.

De acordo com informações, a vítima que tem 50 anos e preferiu não ser identificada, declarou em depoimento à polícia que tinha acabado de tomar banho para dormir quando ouviu o barulho de uma pessoa forçando entrada na porta da cozinha e na sala.

Logo em seguida, o jovem conseguiu êxito e adentrou na casa. Imediatamente foi exigindo comida e o filho da vítima, de 12 anos, entregou os alimentos que estavam no local. O invasor, que se mostrou bastante agressivo, atirou contra mãe e filho um cavador e ordenou que a mulher entrasse no quarto e tirasse a roupa sob ameaça de matá-la.

No momento em que os dois mantinham relações sexuais o filho da vítima acionou uma guarnição da polícia militar. A viatura, comandada pelo subtenente Muniz Leal, entrou na residência e retirou o garoto nu de cima da vítima.

O acusado foi levado para a Central de Flagrantes e autuado por roubo, invasão domiciliar, ameaça de morte e estupro. Um agente de Polícia Civil reconheceu o adolescente por ter realizado furtos, sido algemado e ter conseguido se soltar das algemas.

Com informações do MeioNorte.com

PRF apreende 8.000 jóias e semi joias em Teresina

Polícia Redação Piripiri 06 de abril de 2016 09:37h

Na madrugada de hoje (06), em Teresina, policiais rodoviários federais apreenderam 8.000 (oito mil) unidades de joias em OURO, PRATA, FOLHEADAS E BIJUTERIAS. O produto, com procedência provável de Goiânia/GO e destino a esta capital, estava sendo transportado no veículo VW Jetta de placas ONX-4195, conduzido por C. F. M., 40 anos, acompanhado de um passageiro. 

Na ocasião, eles apresentaram notas fiscais de apenas pequena parte da mercadoria, bem como sem nem mesmo conhecimento da Fazenda do Estado do Piauí. Em razão disso, pelo suposto cometimento do crime de descaminho, o material foi apreendido e a ocorrência foi encaminhada à SEFAZ/PI para providências.


PRF – LIGUE 191


Empresários são presos com contrabandos do Paraguai

70 caixas de cigarros e mais de 2 mil quilos de chumbo

Polícia 05 de abril de 2016 15:46h

   

Três empresários foram presos em flagrante, na manhã desta terça-feira (05), pela acusação de contrabando de cigarros e venda de chumbos. A operação foi desencadeada por equipes da Decoorterc e Sefaz que apreenderam 70 caixas de cigarros contrabandeados e mais de 2 mil quilos de chumbo. 

    

Os flagrantes ocorreram em comércios na avenida Maranhão e na Rua João Cabral, Centro de Teresina.

As caixas de cigarro aprendidas das marcas Gift, Eight, Record e Us- estão avaliadas em mais de R$ 70 mil, mas como a mercadoria é contrabandeada, a Sefaz não pode cobrar imposto. Já o chumbo, avaliado em R$ 24 mil, só pode ser comercializado com autorização do Exército.

   

Os presos foram identificados como José Ari Paulino Filho, 38 anos, Ocílio Luís de Sousa, 56 anos e Germano Rocha de Andrade, 33 anos. O delegado João José Pereira, o JJ, ressalta que a investigação teve início após apreensão de cigarros e bebidas na cidade de Piripiri. 

  

"É uma organização criminosa que atua em municípios como Piripiri, Pedro II, Picos, Campo Maior, Paulistana. Eles têm uma rede de revenda para comerciantes, principalmente, para comerciantes da Zona Rural", disse JJ. (Graciane Sousa e Yala Sena/cidadeverde.com)

Suspeitos são abordados na BR 343; menor ostentava armas em fotos.

Polícia Redação Piripiri 05 de abril de 2016 13:04h

Na noite de segunda-feira (04/04), uma equipe da Força Tática abordou dois elementos sem capacetes, em uma moto, conduzindo em alta velocidade pela BR-343, na cidade de Brasileira, após uma rápida investigação um terceiro elemento foi envolvido e conduzido a delegacia, na posse dele foi encontrado um revólver calibre 32, com registro de nº 23345.

Sargento Everaldo, comandante da equipe da Força Tática que realizou a abordagem e captura dos elementos, informou como ocorreu o episódio, onde foram detidos o menor de iniciais J.N.P, de 17 anos, que conduzia a motocicleta, o maior F.L.S.S., 18 anos, que estava na garupa da moto, e outro maior de nome Manoel.

"Estávamos realizando nosso patrulhamento de rotina, nas proximidades da cidade de Brasileira, quando avistamos dois elementos em uma motocicleta em alta velocidade, como o município de Piracuruca está passando por um momento de constantes assaltos, nós decidimos aborda-los e averiguar a situação com mais detalhes, ao verificar os celulares dos dois envolvidos, visualizamos no celular do meno J.N.P, que estava conduzindo a moto, várias imagens dele portando arma de fogo, quando começamos a interroga-lo, ele confessou que a arma seria de propriedade dele, que teria repassado o revólver na tarde desta segunda (04/04), para um senhor chamado Manoel, realizamos o deslocamento até a citada residência do receptador da arma e encontramos o revólver calibre 32, constatando o crime, conduzimos todos os envolvidos para a delegacia de Piracuruca", finalizou sargento Everaldo.

A moto apreendida em posse do menor é uma CG Titan, de cor azul e placa LVL-8396 de Parnaíba, e deverá permanecer na delegacia até sua regularização, o delegado Ricardo Oliveira conduzirá o caso.

Com informações do PiracurucaAoVivo

Homem é morto supostamente a pedradas em Pedro II, polícia investiga o crime.

O corpo estava despido e com um pancada na cabeça.

Polícia Redação Piripiri 04 de abril de 2016 09:30h

O corpo de um homem identificado por Joaquim Modesto de Freitas Neto, 53 anos conhecido por neto foi encontrado na manhã deste domingo (03/04), nas proximidades da rodoviária no bairro cristo rei em Pedro II.

O corpo estava despido e com um pancada na cabeça. Segundo informações repassadas através da Policia Militar, o mesmo teria sido morto a pedradas, ainda segundo os primeiros levantamentos da PM, tudo leva a crer se tratar de um latrocínio, ou seja roubo seguido de morte.

Informações de um parente da vitima que estava no local, o mesmo teria recebido seu aposento no dia de ontem sábado, e estaria com uma quantia de quinhentos reais no bolso, segundo populares o mesmo foi visto em um bar na noite de ontem nas proximidades da rodoviária.

Até o fechamento dessa matéria o corpo ainda se encontrava no local a espera de um médico legista para fazer a perícia, e só depois encaminhado ao hospital e posteriormente liberado para a família.

A Policia Militar está no local preservando o local do crime. A mesma está investigado para tentar prender o autor ou os autores desse homicídio em Pedro II. Neto morava no bairro mutirão tinha 53 anos e era solteiro.

Com informações da FM Imperial

PM piauiense reage a assalto, mata suspeitos e é morto no Tocantins

Ao puxar a arma o policial é atingido fatalmente no peito.

Polícia Redação Piripiri 04 de abril de 2016 08:58h

Câmeras de segurança registraram o momento em que o soldado piauiense Ivan Borges de Lima, que servia desde 2014 à Polícia Militar do Tocantins, foi beleado, nessa sexta-feira (1º), por assaltantes na zona Sul de Palmas. Ele trabalhava como segurança em uma empresa e reagiu a um assalto. Ele conseguiu atingir os dois suspeitos, que morreram no local. 

O policial militar impediu o assalto ao estebelecimento, foi ferido e conduzido ao Hospital Geral de Palmas, mas não resistiu. Nas imagens, é possível ver quando a dupla entra no local e aborda o policial. O PM reage, puxa a arma da cintura e é baleado no peito. Ainda assim ele consegue atingir os dois suspeitos. 

As imagens do lado externo do estabelecimento são fortes. Um dos assaltantes, de camiseta vermelha, sai cambaleando do local, tenta fugir em uma motocicleta, mas morre ainda em cima do veículo. Seu comparsa, também baleado, deita no chão ao lado do colega e morre no loca. 

De acordo com a Polícia Militar tocantinense, o policial ainda foi conduzido ao Hospital Geral de Palmas, mas não resistiu. Ele seria natural do município de Batalha (PI). O militar tinha 31 anos, era casado e tinha dois filhos.


Com informações do CidadeVerde