Polícia

Apresentador Mariano Marques continua na UTI, mas passa bem

Polícia prende acusado de esfaquear Mariano Marques

Polícia Paiva Filho 23 de janeiro de 2017 18:00h

O apresentador de TV Mariano Marques ainda não tem previsão de alta do hospital, mas já conversa com tranquilidade e chegou a falar sobre o assalto, em que foi esfaqueado, no último sábado (21). O jornalista Tarcísio Carvalho, amigo e assessor de imprensa de Mariano, diz que o quadro de saúde é estável e a família aguarda novo boletim médico. 

"Em um primeiro momento ele estava muito abalado, triste porque tinha uma programação para o Carnaval e não poderá cumprir. Mas agora ele já está melhor psicologicamente, conseguiu falar sobre o assalto com as pessoas mais próximas e perguntou até se poderá voltar a trabalhar logo", relatou o amigo. 

Tarcísio disse ainda que a família está mantendo o apresentador na UTI para melhor acompanhamento médico, mas que seu quadro de saúde é estável e ainda não há previsão de alta.

Assalto

O apresentador foi esfaqueado no começo da noite de sábado (22) após reagir a uma tentativa de assalto na Praça do Liceu, Centro de Teresina.

“Uma testemunha e um suspeito foram conduzidos agora para a Central de Flagrantes. A Polícia está checando todos os dados”, disse coronel John Feitosa. 

O Major Adão Soares, subcomandante do 1º BPM disse que uma das testemunhas contou que viu o flanelinha correndo no último sábado minutos após o crime.

"Esfaqueei porquê tentei fazer uma parada e não deu certo. Essa parada não sabemos dizer o que é. O caso ainda é um quebra-cabeça", afirmou o major.

O secretário de segurança pública, Fábio Abreu, informou ao Cidadeverde.com que o ataque ao apresentador de TV Mariano Marques será investigado como crime de gênero, ainda com possível motivação passional. Segundo ele, o suspeito poderia ter certa proximidade com o apresentador. A delegada Anamelka Cadena está responsável pelo caso. Fonte: cidadeverde.com

Atualização:


A Força Tática do 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM), comandada pelo capitão Sousa Marques, deteve, na tarde de segunda-feira, um flanelinha acusado de ter esfaqueado, nos dois braços, o apresentador de TV Mariano Marques, em um bar que promove festa de pagode próximo ao Liceu Piauiense, no centro de Teresina.

Assassinos do jornalista Elson Feitosa são condenados a 25 anos de cadeia

Elson foi atingido por vários golpes de taco de beisebol e teve o corpo queimado

Polícia Redação Piripiri 16 de janeiro de 2017 09:25h

A Justiça condenou os acusados de matar o jornalista e empresário Elson Feitosa, morto com requintes de crueldade no dia 02 de outubro de 2015, num crime que chocou a sociedade piauiense. O jornalista foi atingido por vários golpes de taco de beisebol, esganado e o corpo queimado no intuito de dificultar o reconhecimento. A sentença foi publicada no Diário da Justiça na última sexta-feira(13).

A juíza Júnia Maria Feitosa Bezerra Filho, da 3ª Vara Criminal de Teresina, condenou Madson Pereira Costa, José Carlos Pacheco Araújo, vulgo “J.P.”, e Mizael da Conceição Silva Barbosa, a 25 (vinte e cinco) anos, 07 (sete) meses e 15 (quinze) dias de reclusão, em regime fechado, e ao pagamento de 257 dias-multa pelo crime de latrocínio e ocultação de cadáver. O regime inicial de cumprimento da pena é o fechado e foi estabelecido a Penitenciária Irmão Guido para o início do cumprimento.

Os condenados somente terão direito a progressão de regime a partir de 10 (dez) anos e 03 (três) meses de cumprimento da pena, período correspondente a 2/5 da pena fixada na sentença.

RELEMBRE O CASO

Segundo o apurado no inquérito Policial, na noite de 02 de outubro de 2015, Madson, Mizael e J.P encontravam-se no povoado “São Vicente” e após o consumo de bebidas alcoólicas, combinaram de ir no dia seguinte a uma festa em Altos e acertaram que, como não tinham dinheiro, deveriam matar alguém, subtraindo dinheiro para a farra e um veículo para o deslocamento. 

A vítima escolhida foi o jornalista Elson Feitosa, com o qual Madson mantinha um relacionamento. No dia anterior ao crime, os dois, inclusive, estiveram juntos em um motel.

Madson marcou um novo encontro com Elson, dessa vez em uma residência situada na Rua Major Sebastião Saraiva, no Bairro Piçarreira, de propriedade de um tio de Madson.

Os três acusados marcaram de se encontrar em frente a academia “Eugênio Fortes” na Avenida Presidente Kennedy, e de lá foram a residência, local do encontro, onde chegaram às 19h e passados poucos minutos chegou Elson, que foi recebido por Madson, que o convidou para entrar e a guardar o seu veículo.

Logo em seguida, Madson atrai Elson para a cozinha, onde estavam escondidos Mizael e J.P, nesse local foi brutalmente agredido pelos 03 acusados, com pancadas na cabeça, utilizando um taco de beisebol, cujas lesões ocasionaram a morte da vítima.  

Após matar Elson, os acusados embrulharam o cadáver num lençol, colocaram no porta-malas do carro da vítima e partiram em direção a localidade Aprazivel, em Jose de Freitas. No caminho compraram dois litros de gasolina. Na localidade atearam fogo no cadáver.

Na manhã seguinte, dia 03 de outubro de 2015, os três foram ao supermercado Carvalho, da Avenida Presidente Kennedy e, por volta das 08h54min tentaram comprar celulares. De lá foram ao Posto “Extra” e por volta das 09h50min colocaram R$ 25,00 de combustível e tentaram pagar com um cartão da vítima.

Nenhuma dessas operações foi autorizada, no entanto, ficou comprovado no inquérito policial que os acusados conseguiram pagar no Comercial Carvalho um suco no valor de R$ 2,20 utilizando um cartão da vítima. 

Câmeras de segurança ajudaram a solucionar o crime 

As imagens de câmeras de segurança ajudaram a solucionar o crime. O delegado Danúbio Dias da Silva, afirmou que, no dia seguinte, imagens da câmera de segurança de um supermercado da capital mostrou os três suspeitos realizando compras com o cartão da vítima. Eles tentaram efetuar compras de celulares e relógios no valor de R$ 4.000,00 e isso despertou a atenção da segurança daquele supermercado. 

Para delegado o crime não foi latrocínio comum 

Segundo o delegado Danúbio, o crime não foi um latrocínio comum. “Nós passamos a deduzir que a pessoa que praticou o crime era do ciclo de amizade da vítima porque tentou destruir o cadáver. Conversando com o pessoal do posto eles disseram que nesse dia como eles não conseguiram pagar, um ficou no posto enquanto os outros dois foram buscar dinheiro e cerca de 10 a 15 minutos depois eles retornaram, a partir daí nós deduzimos que a residência deles era ali próximo no bairro Piçarreira. Outro fato que nos chamou atenção foi que o local de tentativa de destruição do cadáver é um local de difícil acesso, não tem sentido uma pessoa que não conhece aquele local levar o corpo até ali e retornar com segurança e isso indicava que o autor conhecia a região ou morava nas proximidades”, destacou.

Após as investigações, o delegado começou a ouvir pessoas próximas ao jornalista. “Uma delas disse que no dia do crime por volta das 18h se encontrou com a vítima na cidade de Timon, naquela oportunidade a vítima convidou a testemunha para sair com um amigo em comum deles que não se viam a muito tempo e disse para testemunha que o conhecia de um bar na Piçarreira. Eu perguntei a testemunha se ele lembrava o nome desse rapaz, ele disse que se chamava Mádson. Depois eu perguntei se tinham alguma foto, ele disse que a vítima tinha mandado uma foto desse rapaz para ele, mas que tinha apagado, só que nós conseguimos recuperar a imagem e foi onde encaixamos o caso”, falou.

Com informações do GP1.com

Acidente fatal na estrada que liga Piripiri à comunidade Pequi.

Polícia Redação Piripiri 14 de janeiro de 2017 21:55h

Por volta das 18:30 deste sábado ocorreu na estrada que liga Piripiri à comunidade Pequi, um acidente fatal envolvendo um motociclista e uma D20.

O veículo estava no sentido da Pequi-Piripiri. A vítima pilotava uma pop 100. 

Segundo informações, o motorista da permaneceu no local, prestando informações às Polícias Civil e Militar, que estiveram no local. 

Aguardem mais informações

Áudios mostram detento da Major César prestando contas com o PCC

Os presídios piauienses são umas verdadeiras bombas-relógio.

Polícia Redação Piripiri 13 de janeiro de 2017 17:42h

Áudios obtidos com exclusividade pela produção do programa Agora (TV Meio Norte) mostram detentos membros de facções criminosas discutindo o envio de dinheiro para que bandidos se mantenham no Piauí, bem como financiem ações criminosas no estado.

Nos áudios, um homem, que estaria preso na penitenciaria agrícola Major César e foi identificado como José Henrique, conversa com um líder do PCC, que estaria no estado do Mato Grosso do Sul.


Na conversa é possível perceber que o preso piauiense está prestando contas a outro detento das quantias recebidas pelos criminosos no Piauí durante o período de um mês. 

De acordo com a Secretaria de Justiça, o conteúdo do áudio será investigado. No entanto, a Secretaria reforça que continuará cumprindo seu papel na manutenção da ordem e segurança publica, tratando preso como preso e não colaborando para fomentar a atuação de grupos criminosos no estado. 


Segundo a presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PI, Lina Brandão, a Ordem irá apurar o conteúdo dos áudios e a atuação dessas facções criminosas no Piauí. 

"Com relação a esses áudios, a nossa Comissão de Direito Penitenciário ainda está investigando, o que nos chegou conhecimento é que existem seis facções atuando no Piauí, temos conhecimento do PCC, do Primeiro Comando de Campo Maior, Primeiro Comando de Esperantina, Facção de Teresina e agora o Comando Vermelho”, afirmou.

Com informações do Portal Meio Norte

Vice-prefeito espanca a esposa e ela apela nas redes sociais por Justiça

O agressor é irmão do atual Secretário de Segurança, Fábio Abreu.

Polícia Redação Piripiri 11 de janeiro de 2017 10:56h

A Justiça concedeu uma medida protetiva a Raquel Lima, esposa do vice-prefeito de José de Freitas pelo PTB, Antônio Abreu. Raquel foi espancada e estaria sofrendo agressões, psicológicas e morais, de acordo com a denunciante, todas sofridas em frente aos seus filhos menores.

De acordo com a decisão do Juiz Lirton Nogueira Santos, do dia oito de janeiro, e baseada na Lei Maria da Penha, Antônio Abreu deve manter-se afastado da residência em que morava com Raquel, além de marcar distancia de 1.000 metros da vitima.

Apesar da medida protetiva, a vitima sente-se ameaçada, já que além de ser vice-prefeito no município em que residem, o agressor é irmão do atual Secretário de Segurança, Fábio Abreu. Raquel utilizou sua rede social Facebook nesta terça-feira (10) para revelar a agressão e a tentativa de intimidação.

Fonte PortalAZ.com

Criança de nove anos revela estupro para a família em Esperantina.

Pelas informações da criança, o abuso aconteceu a 4 meses atras.

Polícia Redação Piripiri 05 de janeiro de 2017 09:14h

imagem ilustrativa

Uma menina de apenas nove anos revelou para a família que foi vítima de abuso sexual quatro meses após o crime. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a violência contra a criança no município de Esperantina, a 174 km de Teresina.

"Ela foi vítima do abuso no mês de agosto mas só relatou o caso antes do Natal para a mãe e para o padrasto e depois foi encaminhada para o hospital", explicou o delegado regional do município Leonardo Alexandre.

A menina foi submetida a exame de corpo de delito que comprovou o rompimento do hímen constatando assim a conjunção carnal. De acordo com o delegado, a Polícia já colheu depoimentos da menina e da família e já tem suspeitos pelo crime.

"Já colhemos os depoimentos. A menina já relatou o caso e já descreveu o crime. Pelo relato o estupro aconteceu em agosto mas há outras situações investigadas no bojo do inquérito. Não divulgaremos mais detalhes para não atrapalhar a investigação", explicou o delegado.

O Conselho Tutelar acompanha o caso e a criança permanece na guarda da mãe que foi orientada.

Com informações do CidadeVerde.com

Polícia encontra homem morto embaixo de ponte entre Piripiri e Capitão de Campos

O corpo já foi identificado, mas só a perícia poderá dizer as causas da morte.

Polícia Redação Piripiri 04 de janeiro de 2017 12:07h

A Polícia Civil de Capitão de Campos foi comunicada por volta das 18h desta segunda-feira (02) através de populares que havia um corpo sem vida embaixo da ponte sobre o Rio Corrente no limite entre Capitão de Campos com o município de Piripiri.

“Me desloquei até ao local mencionado e constatei a veracidade”, disse o agente Filho. O corpo foi identificado como o sendo do senhor conhecido popularmente na cidade por Cícero Cuia.

O fato foi comunicado ao Delegado responsável e acionada a Perícia e o IML que deverá descobrir as causas da morte.

Fonte: Campo Maior em Foco

Menor acusado de matar a namorada é apreendido e confessa o crime

O menor afirmou que teve relações sexuais com a vítima antes do crime.

Polícia Redação Piripiri 04 de janeiro de 2017 11:51h

Na manhã de terça-feira (03), uma jovem identificada como Francisca Muniz, de 24 anos, foi brutalmente assassinada a facadas na cidade de Lagoa Alegre pelo próprio namorado. Ainda no mesmo dia, o menor de iniciais F. A. F. de 17 anos, foi apreendido pela polícia na localidade Canastro, no município de União.

Durante seu depoimento, o menor confessou o crime para a polícia e afirmou que foi motivado por ciúmes, acrescentando também que antes de matar a jovem, teve relações sexuais com ela. “Eu me arrependo, matei minha namorada e acabei com minha vida, foi uma grande besteira”, declarou ele. Segundo ele, antes de ver a vítima estava ingerindo bebida alcoólica em um bar próximo a sua residência.

Assim que se encontraram, o adolescente afirma que os dois conversaram, tiveram relação e logo em seguida iniciaram uma discussão onde Francisca teria dito que estava saindo com um homem. Por conta disso, o menor alegou que se descontrolou e acabou assassinando a namorada com golpes de faca. Após o crime, o suspeito foi para sua residência onde pegou roupas e fugiu para um matagal. Ao descobrir que estava sendo procurado pela polícia resolveu ir para casa de um amigo, onde foi apreendido. O criminoso foi conduzido para o Complexo de Defesa da Cidadania.

O pai da vítima afirmou que a filha já vinha se sentindo ameaçada pelo acusado. “Ele batia nela, ameaçavam com faca, dizia que não aceitava ela terminar com ele”, afirmou.

“Ela estava com dois meses em Teresina, voltou para passar o ano novo com a família, ele ligou para ela para se encontrarem. Ela deve ter ido para colocar um ponto final na relação, deve ter dito que não queria mais e ele fez isso. Eu não desejo que nenhum pai de família passe o que eu estou passando hoje, porque é muita dor”, declarou.

O homem afirmou ainda que ficou na frente do menor após o crime. “Eu tive frente a frente com ele, só não fiz besteira porque a polícia estava lá, chamei ele de assassino frio. Minha filha não fazia nada de errado e não merecia isso”, disse.

Com informações do Portal Meio Norte

Esposa e amante teriam planejado morte do embaixador da Grécia

Polícia Redação Piripiri 30 de dezembro de 2016 15:16h

O policial militar confessou o crime após a polícia mostrar imagens que comprovam que Sérgio entrou e saiu da casa do diplomata, em Nova Iguaçu, na noite do crime

A mulher do embaixador da Grécia no Brasil e o amante dela, o policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho, tiveram o pedido de prisão decretada pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), na tarde desta sexta-feira (30).

De acordo com a Veja, o PM confessou o crime após a polícia mostrar imagens que comprovam que Sérgio entrou e saiu da casa do diplomata, em Nova Iguaçu, na noite do crime. Segundo os agentes, o suspeito apenas admitiu participação no assassinato.

Kyriakos Amiridis, de 59 anos, que estava desaparecido desde a última segunda-feira. O corpo foi encontrado dentro de um carro carbonizado no Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu.


Suspeito de tentar matar sua esposa usando uma 'tesoura' é preso em Luzilândia.

A vítima se encontra em estado grave.

Polícia Redação Piripiri 29 de dezembro de 2016 10:20h

No município de Luzilândia, cidade localizada a 248 km ao norte de Teresina, um homem foi preso após esfaquear a própria esposa na noite desta quarta-feira (28/12).

Segundo informações do portal 'Pifo Web', o homem foi identificado como Francílio Teles, teria chegado em sua casa durante a noite alterado. Logo em seguida uma discussão iniciou e ele agrediu a mulher chegando a perfurá-la vária vezes, depois fugiu do local.

A polícia foi acionada para fez buscas na região e, com o auxílio da população, a PM conseguiu prender Francílio, que estava escondido em baixo de um veículo estacionado.

Francílio foi encontrado com a camisa suja de sangue e com uma tesoura, objeto que teria sido utilizado para perfurar a mulher. Ele foi levado para a delegacia onde os procedimentos legais foram realizados e a mulher foi encaminhada ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) em estado grave.

Com informações do PIfoWeb.com

Esposa de cantor gospel morre ao fechar portão de casa para fugir de tiros

O crime foi logo depois da ceia de Natal na casa da vítima.

Polícia Redação Piripiri 26 de dezembro de 2016 09:24h

O Natal para a família do cantor gospel Fábio do Novo Milênio, não teve um dia bom. Sua esposa, Patrícia Silva Lima, 37 anos, foi morta ao tentar escapar de uma suposta tentativa de assalto, quando fechava o portão de casa, por volta das 5 horas deste domingo(25), no bairro Novo Milênio, na zona Sudeste de Teresina. 

Segundo informações de familiares, a ceia do Natal havia sido realizada lá e o casal já havia se recolhido, quando os últimos convidados deixavam a casa. Patrícia havia se levantado para se despedir, quando dois homens teriam passado pela rua atirando e todos voltaram correndo para dentro da casa. 

Ela teria conseguido fechar portão, mas uma das balas disparadas pela dupla, teria atravessado o portão e acertado seu ombro. Patrícia ainda correu, mas não conseguiu resistir ao ferimento da bala e morreu na sala.

A Polícia Militar foi acionada e ainda fez diligências no sentido de capturar os suspeitos, mas não conseguiu. 

O corpo de Patrícia está sendo velado na Igreja Assembleia de Deus e será enterrado na manhã desta segunda(26). Patrícia deixa o marido e três filhos. 

Com informações do CidadeVerde.com

Polícia Civil de Capitão de Campos prendeu principal suspeito de assassinato.

Ele é o suspeito de ter assassinado o jovem conhecido como “Chico Xerem”.

Polícia Redação Piripiri 21 de dezembro de 2016 09:43h

A Delegada Lucivania Vidal, titular da Delegacia de Polícia Civil de Capitão de Campos, juntamente com sua equipe Agostinho Filho e Ferrer, deram ordem de Prisão na manhã desta terça-feira (20) ao réu Francisco Fernando Alves da Silva, vulgo Manin.

Ele é o suspeito de ter assassinado o jovem conhecido como “Chico Xerem” de aproximadamente 30 anos de idade. Testemunhas contaram que o suspeito estava brigando com a esposa e quem tentasse separar era agredido. Um homem, que seria sogro da vítima levou uma paulada e a vítima foi esfaqueado chegando a óbito.

O crime aconteceu no dia 13 de novembro deste ano e até esta data o suspeito estava foragido. Ele foi preso por determinação judicial e será interrogado pelos crimes de homicídio, lesão corporal e violência domestica. Após o interrogatório ele será transferido para o presídio de Esperantina.


Homem é assassinado com um tiro no rosto na cidade de Esperantina

A vítima havia chegado recentemente do estado do Rio de Janeiro.

Polícia Redação Piripiri 21 de dezembro de 2016 09:29h

Na noite desta terça-feira (20/12), um homem identificado como Antônio Carlos Miranda Carvalho, 41 anos, foi assassinado por volta das 20h no centro comercial da cidade de Esperantina.

A vitima era natural do povoado Olho D´Água dos Negros, município da cidade. De acordo com informações, o mesmo  havia chegado recentemente  do estado do Rio de Janeiro onde trabalhava. Antônio Carlos foi assassinado com um único tiro a queima roupa na região do rosto. O fato aconteceu próximo ao  antigo Mercado Público Municipal.

Com a repercussão da morte da vitima, centenas de populares compareceram no local do crime para saber os reais motivos do brutal assassinato.

De acordo com informações de populares, dois homens em uma motocicleta modelo Pop 100,  teriam efetuados três tiros em direção a vitima que no momento do ocorrido pilotava uma moto Titan 150 cilindradas da cor vinho e placa de Teresina.

Outra informação repassada foi a de que a vitima embora tenha levado um tiro no rosto ainda conseguiu andar vários metros até cair  na rua Professor João Paulo, nas proximidades do prédio da Câmara de Vereadores José Sales Dias.

Logo após o crime bárbaro, policiais civis deram inicio as investigações e a perícia foi acionada até o local, enquanto um grupo de policiais militares que integram a Força Tática do município foram em busca dos criminosos.

Com informações do Jornalesp

Delegada Vilma registra 1º boletim de homem vítima de violência doméstica no PI

Os homens vítimas de violência doméstica devem procurar a delegacia da região.

Polícia Redação Piripiri 21 de dezembro de 2016 08:45h

A delegada Vilma Alves registrou, pela primeira vez, um boletim de ocorrência de um homem vítima de violência doméstica em Teresina. Ela disse em entrevista que a vítima não chegou a ir até a delegacia e que, em toda a sua carreira em frente à Delegacia Especializada da Mulher, esse foi o primeiro registro assinado de um homem sendo agredido pela companheira. 

“Pra mim esse fato é inédito, de um homem sendo agredido pela mulher. Uma reflexão se faz disso, também neste caso, pois ele brigou com  a mulher e ela foi mais valente e chegou a lesionar ele”, relatou a delegada.

Para ela, “os direitos são iguais” , pois houve uma violência, e, por isso, foi pedido a requisição do exame de corpo de delito à vítima. 

“A nossa obrigação é encaminhar todo o procedimento para que ele fosse fazer o exame. No meu ponto de vista, ao longo de toda a minha história na delegacia e de todo esse movimento de agressões, de que só a mulher que sofre, apanha e é morta, e vê um homem nessa situação eu acho que é inédito. As coisas estão mudando”, comentou Vilma. 

Para a delegada, os homens estão tomando uma coragem de pedir socorro, pois eles sofrem a agressão das companheiras, mas evitam denunciar para não se expor diante da sociedade por receio de ser alvo de piadas machistas.

“Eles estão saindo da condição de Jabuti, que é só andando de cabeça pra cima, mas agora estão encorajados, assumindo o comportamento de homem, e não de machista. A gente sabe que os homens são agredidos, mas eles não têm coragem denunciar porque acham que vão ser criticados pelos outros colegas. Esse caso é único, mas pode servir para encorajar outros. Essa denuncia é positiva e vem a mudar o conceito de machismo.”

Os homens vítimas de violência doméstica devem procurar a delegacia da região onde reside para denunciar a agressão. 

"As mulher não aguentam mais agressão. E a tendência é que mulheres e homens apoiarem que com violência não dá certo; é preciso ter igualdade de direito e de respeito".

Com informações do CidadeVerde.com

Pastor Malafaia é apontado em investigação de corrupção na compra de royalties

O pastor foi alvo de condução coercitiva nesta operação.

Polícia Redação Piripiri 16 de dezembro de 2016 09:43h

A operação Timóteo que teve como alvo a corrupção na cobrança de royalties, onde segundo a polícia federal, mais de 300 policiais federais foram destacados para a realização da mesma.

As provas colhidas devem detalhar o funcionamento do esquema e como os criminosos agiam, já que os royalties muitas vezes eram repassados pela própria justiça, o que só agrava a situação.

O pastor Silas Malafaia foi alvo de condução coercitiva nesta operação. O que intriga a imprensa em geral é o fato de o mesmo defender a bandeira do combate à corrupção e precisar ser conduzido coercitivamente para prestar esclarecimentos sobre seu envolvimento ou não no esquema.


Criança de apenas um ano morre com catapora na cidade de Barras

A criança é da localidade Esperança, zona rural de Barras.

Polícia Redação Piripiri 15 de dezembro de 2016 20:06h

Nessa quinta-feira (15), por volta das 12h10, uma criança identificada apenas como Renata, de aproximadamente um ano de idade, morreu no Hospital Regional Leônidas Melo, localizado em Barras, em decorrência de complicações em estado de saúde, porvocada por catapora (varicela).

Segundo a diretora do hospital Laiana de Sousa, a menina é chamada de Renata, mas ela não possui registro de nascimento. “Apesar da falta de registro, não teve complicação para atender a criança. Ela chegou com febre de 41 graus, bem desidratada, com um quadro avançado da doença. Até a idade da menina é difícil prever, mas supõe-se que tenha em torno de um ano. O que o hospital poderia fazer, foi feito. Ela recebeu toda medicação necessária ”, informou.

Renata é da localidade Esperança, zona rural de Barras. A criança deu entrada no Hospital Regional Leônidas Melo às 17h30 de ontem (14) e foi atendida pelos médicos do plantão, Drª Elionay e Dr. Thalerand.


DE NOVO! Idoso é preso por estuprar criança de 10 anos no Piauí

Segundo a PM, o acusado é amigo da família da vítima.

Polícia Redação Piripiri 15 de dezembro de 2016 11:09h

Um idoso de 68 anos, identificado como Virgílio Correia Sousa, foi preso na tarde de ontem, quarta-feira (14), no Bairro Refesa, em Castelo do Piauí, suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 10 anos de idade. 

Segundo a polícia, o idoso chamava a criança, que mora vizinho a sua residência, e praticava vários atos libidinosos com a vítima. Um exame médico foi solicitado para confirma se houve a conjunção carnal. 

Após denúncia feita por familiares da vítima, o delegado Renato Pinheiro e os Policiais Civis André e Júnior efetuaram a prisão do idoso e o levaram até a Delegacia de Polícia Civil de Castelo do Piauí, onde o mesmo se encontra a disposição da justiça. 

A cidade de Castelo do Piauí é um destaque negativo em número de casos de estupros. 

Esposa mata o marido a facadas e filhos testemunham o crime em Teresina

A discussão teria começado por uma agressão contra uma das crianças.

Polícia Redação Piripiri 06 de dezembro de 2016 11:59h

O estivador João Batista Vales de Sousa, 31 anos, conhecido como Joãozinho, foi morto com uma facada no peito esquerdo na madruga desta terça-feira (06). Segundo o coordenador da Delegacia de Homicídios, o delegado Francisco Costa – o Baretta, a esposa da vítima, identificada como Neusa Maria Silva Costa, é a principal suspeita. 

Ela teria anunciado o homicídio e está foragida desde o momento do crime, que foi presenciado por quatro crianças, sendo que um era filho do casal, de apenas três anos.   O caso aconteceu na Rua 11 da Vila Angélica, na zona Sul de Teresina; onde o casal morava há somente três meses.

Segundo Roseli de Sousa, prima da vítima, as crianças que estavam na casa tem entre três e 14 anos de idade. A informação é de que a discussão teve início porque a vítima teria agredido uma das crianças e a mãe não aceitou. Eles iniciaram a discussão quando ela deferiu o primeiro golpe no peito do marido. De acordo com os familiares, ela chegou a feri-lo mais uma vez com uma facada nas costas. 

“Logo depois disso, ela pegou três das crianças e um menino que não é filho dele, de cinco anos, ficou na casa ao lado do corpo porque era muito apegado com ele. Tudo o que nós queremos agora é justiça. Ela acabou com a vida dele, dela e dos filhos. Ela tem que pagar pelo o que fez. Não sabemos onde ela está, mas queremos que ela seja presa”, lamenta a prima. 

O pai da vítima, João Batista de Sousa Filho, falou da tristeza da perda. “Eu estou muito triste. Tenho três filhos, e agora um deles se foi. Até onde eu sabia, eles nunca tinham se desentendido, sempre que encontrei com eles, eles estavam super bem. Eu acho que ela tem que paga. Não sei agora como vai ficar a situação do filho dele com ela, mas se a avó materna não ficar com ele irei assumir essa responsabilidade e vou criar essa criança”, declarou o pai.

Os vizinhos informaram que a mulher ainda pediu por ajuda para socorrer o marido, mas ele morreu no local antes da equipe médica chegar. 

De acordo com o delegado, por volta de 00h10 de hoje a mulher correu pela rua gritando “matei meu marido”.

“A ex-esposa da vítima relatou que Neusa saiu de casa aos gritos dizendo que tinha furado o marido. Ela entrou na residência e encontrou o homem morto. Os motivos ainda serão apurados”, disse Baretta.

A equipe da Delegacia de Homicídios encontrou próximo ao corpo, no quarto do casal, algumas cartas de baralho. A suspeita de que eles tenham tido uma discussão, após o jogo. A polícia apreendeu ainda a possível arma do crime: uma faca tipo peixeira de cabo branco. 

Neusa Maria era a terceira esposa de João. Eles têm um filho juntos. Além desse, João tem três crianças de relacionamento anteriores.

O delegado destacou que o objetivo é encontra-la para fazer a prisão em flagrante. Os vizinhos não relataram qualquer briga entre o casal. Neusa é ex-funcionária do Hospital de Urgência de Teresina. 

Com informações do Cidade Verde

FLAGRANTE! Condutor inabilitado é preso ao tentar subornar policiais em Piripiri

Ele assumiu aos policiais: " Bebi um pouquinho!"

Polícia Redação Piripiri 05 de dezembro de 2016 12:15h


Um homem que não teve a identidade revelada foi preso em flagrante suspeito de tentar subornar policiais rodoviários federais durante abordagem na BR-343, em Piripiri. O momento foi registrado em vídeo por um motorista que passava pelo local. 

Equipes da PRF atendiam a uma ocorrência de acidente na rodovia quando o motorista passou com os faróis apagados e recebeu ordem para parar o veículo. 

Durante abordagem,  o condutor revelou que era inabilitado, ou seja, não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e havia havia ingerido bebida alcóolica. "Bebi um pouquinho", confirmou. 

Ele foi preso por tentativa de corrupção e encaminhado para o Complexo de Delegacias de Piripiri. 

Fonte do vídeo: youtube.com/maelsonian

A Policia Militar de Piripiri prendeu na noite de ontem, 04/12, mais elementos acusados de roubo e receptação.

Augusto foi preso, no residencial José Amâncio, acusado de receptação. Na sua residência a policia encontrou  eletrodomésticos (enterrados) subtraídos da residência do empresario Paulista, outros elementos também foram presos.