Noticias Gerais

Grávida de 14 anos morre queimada pela família do marido

O crime aconteceu no Afeganistão e comoveu toda a população local

Noticias Gerais Notícias Gerais 12 de agosto de 2016 09:09h

Uma adolescente de 14 anos morreu queimada viva, na última quarta-feira (10/08), por membros da família de seu marido que não aceitaram um acordo que não deu certo. O crime aconteceu no Afeganistão.

A morte, que teria sido por vingança, chocou a capital Cabul, principalmente por detalhes cruéis, como o fato dela ter sido torturada antes de ser assassinada.

Os "crimes de honra", como são conhecidos, ainda são muito comuns no Afeganistão, que se mantem preso a condutas tradicionais, especialmente àquelas relacionadas com acordos de casamento.

A jovem não morreu no momento em que foi queimada, mas ainda sobreviveu, indo a óbito no caminho para o hospital.