Esportes

Colorado apressa corrida para liberar Arena Ytacoatiara no Piauiense 2017

Gavião tem até o dia 14 de janeiro para entregar toda a papelada

Esportes Paiva Filho 28 de outubro de 2016 12:36h

A definição da data de abertura do Campeonato Piauiense 2017 serviu de farol para que o 4 de Julho determinasse o início da execução dos planos para a nova temporada. Além de se debruçar sobre a contratação de elenco e técnico, a diretoria colorada terá que correr para garantir a liberação da Arena Ytacoatiara, em Piripiri, que deverá ser palco dos seus jogos no estadual a partir do dia 4 de fevereiro. De acordo com o estipulado pela Federação de Futebol do Piauí (FFP) no arbitral de clubes realizado na terça, em Teresina, o Gavião tem até o dia 14 de janeiro para entregar toda a papelada que garantirá a livre utilização da praça esportiva.

– A grande dificuldade que temos no momento é em relação ao estádio. Temos que apresentar os laudos até a data que foi determinada. Não podemos mexer no estádio porque ele é da Prefeitura. Vamos tentar viabilizar a situação, principalmente a do Corpo de Bombeiro, para que a gente tenha condição de jogo e possa disputar o Campeonato – destacou Sergil Araújo, presidente do Colorado.

A casa oficial do 4 de Julho recebeu jogos da campanha do clube na busca bem sucedida do acesso à elite este ano. Contudo, existe a expectativa dos dirigentes de quem sejam feitas reformas pontuais antes da bola rolar no Piauiense 2017. Uma das situações mais delicadas é no setor das cadeiras, onde parte do teto está bastante comprometida e ameaça cair. Vestiários e banco de reservas também precisam de melhorias imediatas.

Construído em meados dos anos 60, o estádio foi inaugurado com o nome de Helvídio Nunes de Barros. Depois de uma grande intervenção em 2008, passou a se chamar Arena Ytacoatiara. Atualmente, a praça esportiva tem capacidade para quatro mil torcedores.

– Nossa situação é jogar em Piripiri. Nossa identificação é com a torcida colorada é lá. Não podemos abrir mão disso para jogar em outra praça de esporte. Até porque não existe outra da maneira como a Arena Ytacoatiara. Então, vamos tentar dessa maneira – completou o dirigente colorado.

Os estádios Lindolfo Monteiro e Albertão (Teresina), Felipão (Altos), Arena Ytacoatiara (Piripiri), Deusdeth de Melo (Campo Maior) e Helvídio Nunes (Picos) deverão ser utilizados no estadual. O Parnahyba, por outro lado, ainda não definiu em qual estádio mandará seu jogos em 2017.

– Eles (clubes) têm obrigações de entregar as certidões negativas até o dia 25 de novembro, mas temos que ter a coerência em ver que algumas cidades mudaram os prefeitos. Então, ele pode apresentar até 20 dias antes do jogo, ou seja, dia 14 de janeiro se não me engano. Tem bastante tempo para que isso seja possível – avaliou Cesarino Oliveira, presidente da FFP.

Fonte: Globo Esporte Piauí.