Cidade

Governador entrega seis pontos de internet livre em Piripiri nesta quinta (29)

Os pontos serão as praças da Bandeira, Petecas, Haroldo Resende e Saudade

Cidade Redação Piripiri 29 de dezembro de 2016 10:00h

Uma das bandeiras do Governo do Piauí é a universalização do acesso à internet, incluindo digitalmente o piauiense e possibilitando que o cidadão tenha acesso a conteúdo, informação, programas, serviços e comunicação online. Com isso o projeto Piauí Conectado avança para o interior do estado, onde nesta quinta-feira (29), o governador Wellington Dias vai inaugurar seis pontos de internet gratuita em Piripiri, município localizado a 164 quilômetros de Teresina.

A população piripiriense contará com wifi livre na Praça da Bandeira, Praça Petecas, Praça Haroldo Resende (próxima ao Estádio Ytacoatiara) e Praça da Saudade. “Há ainda dois órgãos ligados ao governo que serão atendidos com novos links de internet, um é o Campus Geovanni Alves da Universidade Estadual do Piauí – UESPI e o 12º Batalhão de Polícia Militar”, informa Avelyno Medeiros, diretor-geral da Agência de Tecnologia da Informação (ATI).

A ATI é o órgão responsável pela execução e ampliação do Piauí Conectado no estado, cuidando também do monitoramento do sinal de internet. Teresina conta atualmente com 14 pontos de wifi livre. Luzilândia, Praia do Coqueiro, Barra Grande e Cocal dos Alves também já disponibilizam o serviço. Durante novembro o Núcleo de Operações e Controle – NOC, da Agência de Tecnologia, registrou 166.674 mil conexões realizadas com o Piauí Conectado.

Ao todo, Piripiri terá sete espaços com internet livre, além dos citados o Povoado Caldeirão também contará com o serviço. “O ponto de wifi na localidade está sendo instalado e em breve a população será atendida com link de internet de boa qualidade, seguro e capaz de suportar 200 pessoas conectadas simultaneamente”, avisa Medeiros.

Para usar a internet do governo, basta ao chegar em um dos pontos, procurar com o aparelho de celular, notebook, outros, a rede Piauí Conectado. Com isso será preciso fazer um cadastro informando nome, número do celular, cpf, e-mail e criar uma senha. Após isso o usuário receberá um e-mail de confirmação de cadastro e já pode usufruir do serviço. O cadastro só é necessário na primeira vez que o usuário for usar a rede, nas outras apenas a senha e o cpf serão suficientes para o uso.

Com informações do CidadeVerde.com