Cada Falso

SEXTA-FEIRA 13: sim, é feriado no Piauí

Em 13/03/1823 ocorreu a Batalha do Jenipapo em Campo Maior

Cada Falso Willekens Van Dorth 12 de maro de 2015 11:48h

A Assembléia Legislativa do Piauí, atendendo um requerimento da Academia Campomaiorense de Artes e Letras - ACALE, instituiu o data de 13 de março de 1823 como feriado estadual, em homenagem à Batalha do Jenipapo, ocorrida às margens do riacho que leva o mesmo nome, na região do atual município de Campo Maior, na província do Piauí.

O episódio marca um momento histórico importante das lutas dos piauienses pela independência do Brasil. A Batalha do Jenipapo  foi um confronto entre partidários da independência e a resistência portuguesa e é considerada fundamental no processo de independência e consolidação do território brasileiro.

Piauienses, maranhenses e cearenses participaram do levante popular contra as tropas lideradas pelo Major João José da Cunha Fidié, que desejavam manter a região sob domínio português.

Outra data importante é 19 de Outubro de 1822, quando ocorreu a declaração de independência do Piauí, em Parnaíba, sendo também, feriado estadual, conhecido como "Dia do Piauí".

Leia mais em: 

http://servleg.al.pi.gov.br:9080/ALEPI/sapl_documentos/materia/5195_texto_integral

JUDITH SANTANA inova e faz abertura do ano letivo

Evento contou com o acolhimento dos alunos e palestra

Cada Falso Willekens Van Dorth 10 de maro de 2015 11:56h

A direção da Unidade Escolar Judith Alves Santana realizou nesta segunda, 09/03, a abertura oficial do ano letivo em evento que reuniu coordenação, professores, pessoal de apoio e alunos. Nos três turnos foram feitas a recepção e acolhimento dos alunos, apresentação dos professores, entrega do material didático e leitura do Regimento Interno da escola.

Seguindo a programação, também nos turnos da manhã, tarde e noite, aconteceu a palestra “Os Jovens e a Convivência Escolar”, ministrada pelo jornalista e colunista do portal piripiri40grausWillekens Van Dorth, e voltada para os alunos, mostrando a importância da convivência em sociedade, o espírito de grupo, direitos e deveres dos alunos e princípios de cidadania.

Para a diretora do Judith Santana, professora Laudeci Cruz Carvalho, a convivência harmônica no ambiente escolar é construída cotidianamente, onde todos os que fazem a escola se comprometem, com respeito mútuo e diálogo”. E finalizou: “Agradecemos o apoio do jornalista Willekens Van Dorth, que é ‘Amigo da Escola’, e está sempre conosco nas diversas atividades”.


ÁGUA: Dnocs abre 40 poços para reduzir efeitos da seca no Semiárido

Serão investidos quase R$ 1,9 milhão para atender diversas comunidades

Cada Falso Willekens Van Dorth 09 de maro de 2015 11:58h

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) autorizou a execução de serviço para a perfuração de 40 poços para abastecer oito municípios com sistema de abastecimento d´água. Serão investidos quase R$ 1,9 milhão para atender diversas comunidades nestes municípios situado na região do Semiárido piauiense. A ação é resultado da ação dos deputados Júlio César e Georgiano Neto para atender as famílias com dificuldades de abastecimento d´água no Semiárido.

O Dnocs firmou contrato com a empresa Iperatiz Poços e Irrigações Ltda, na modalidade menor preço, para o serviço de perfuração dos 40 poços para implantação do sistema simplificado de abastecimento d´água, incluindo distribuição e os reservatórios.

Os municípios de Pio IX, São Julião, Alegrete, Padre Marcos, Caridade do Piauí, Massapê, Jatobá e Barras serão beneficiados. Os serviços, segundo o documento assinado pelo coordenador substituto do Dnocs, Aluisio Ferro Gomes Filho, devem ser feitos com urgência.

A ordem de serviço é de R$ 1.849.518,80 e deve ser concluído no prazo de 240 dias consecutivos e ininterruptos.

Os deputados Júlio César e Georgiano Neto, ambos do PSD, auxiliaram na confecção dos projetos das comunidades observando a carência no abastecimento de água. Eles apresentaram os projetos ao Dnocs e acompanharam a tramitação, para que a população pudesse ser assistida com a maior brevidade possível.

No projeto apresentado pelos parlamentares serão atendidas as famílias das comunidades de Itu e Oiticica, em Pio IX; Macambira, Piciano, Emparedada e Bananeira, em São Julião; Lagoa do Mato e Mundo Novo, em Alegrete; Perigo, Batata e Luzia, em Padre Marcos; Várzea Grande, Consolação, Limbinho e Baixa Grande, em Massapê; Sitio Tabuleiro, Sitio Caldeirão, Sitio Famoso, Sitio da Barra do Riacho, em Caridade.

No município de Jatobá serão atendidas as famílias residentes nas comunidades Irum, Bem Bom, Barra do Rio, Riacho, Bananeira, Olho D´Agua do Mato, Tamarino e Gonçalo Alves. Em Barras as comunidades de Tapera, Cruzeta, Baixão dos Passos, Bom Principio, Ingazeira, Muriçoca, Bonito, Mundo Novo, Bacuri, Vila Timboba, Vereda Grande, Pedra Branca, Mata Fria e Marreco também serão atendidas.

www.deputadojuliocesar.com.br


LEO SOUSA: Parabéns, Felicidades, Paz & Bem

Aquele menino cheio de idéias & ideais cresceu... e está mudando o mundo

Cada Falso Willekens Van Dorth 08 de maro de 2015 09:18h


MULHER: felicidade para tod@s nós!

Somos o que somos porque somamos

Cada Falso Willekens Van Dorth 08 de maro de 2015 09:01h

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
________________________________
Homem & Mulher: dois lados de um mesmo ser

Júlio César assume Comissão e propõe fazer desoneração tributária

Primeira vez que um piauiense assume a Comissão de Desenvolvimento Econômico

Cada Falso Willekens Van Dorth 04 de maro de 2015 14:17h

O deputado federal Júlio César (PSD-PI), foi eleito, nesta quarta (4), por unanimidade, presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (CDEIC), na Câmara dos Deputados. Esta é a primeira vez que um político piauiense assume a comissão que é considerada uma dos mais importantes entre as 23 da Casa.

Entre as prioridades no trabalho da Comissão, o novo presidente citou a desoneração tributária e as mudanças no sistema financeiro nacional, de forma a tornar as instituições mais eficientes. “Pretendo somar com os membros desta comissão para darmos toda a atenção necessária aos assuntos relevantes. Temos que usar a experiência dos membros para trabalharmos juntos. Não será fácil, pois o nosso país passa por uma situação delicada”, comentou o parlamentar.

De acordo com Júlio César, o trabalho na Comissão vai servir para melhorar o sistema que envolve a política voltada para a atividade industrial, comercial e agrícola. Além de observar com atenção o comércio exterior, políticas de importação e exportação em geral, dentre outros, explicou.

"Sou um homem muito ligado a área econômica. Monitoro diariamente as contas do governo, principalmente, as de compartilhamento das receitas que pertencem aos entes federados, os estados e municípios. Gosto muito de transparência. E tenho lutado com o governo para melhorar isso.", acrescentou Júlio César, que é deputado federal no exercício do quinto mandato. É a segunda vez que ocupa a presidência de uma comissão da Câmara, a primeira foi a de Agricultura, na Legislatura passada.

“Temos no Congresso parlamentares renomados do PSD exercendo importantes funções que servirão para todas as cidades do Brasil.”, ressaltou Júlio César. O deputado Marcos Montes (PSD-MG) vai presidir a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) para o biênio 2015-2016. As indicações para a composição das comissões são feitas com base na proporcionalidade dos partidos ou blocos partidários com representação na Câmara.

www.deputadojuliocesar.com.br

JÚLIO CÉSAR: CNM e Deputados buscam saída para crise nos municípios

Municipalismo é a grande bandeira do deputado federal piauiense

Cada Falso Willekens Van Dorth 25 de fevereiro de 2015 18:29h

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) pediu aos prefeitos piauienses que promovam atos públicos em suas cidades para mostrar os efeitos da crise financeira. A CNM estabeleceu metas para os municípios como potencializar a arrecadação própria, atualizar repasses para os programas federais, fazer encontro de contas da Previdência. O deputado federal Júlio César (PSD) alertou aos prefeitos que os municípios passam por um empobrecimento. Ele disse que os repasses dos recursos da União para os municípios eram 20% da receita, e hoje não chegam a 16%.

Segundo o deputado, a situação nos municípios está preocupante, devido ao caos financeiro. Ele afirmou que o problema é agravado com a situação de emergência em conseqüência da seca, perda da lavoura e agora das enchentes.
A CNM promoveu a campanha “Viva seu Município” com atividades realizadas do dia 23 e até o dia 27 de fevereiro. A campanha mobiliza prefeitos de todo o país, que devem mobilizar as bancadas dos deputados, em prol dos municípios.

O deputado Júlio César, numa tentativa de recuperar as finanças municipais, apresentou o projeto de lei que muda a tabela do Fundo de Participação dos Municípios e deve aumentar em 10% o repasse dos recursos do FPM. O deputado já contabilizou a adesão de mais de 1800 prefeitos à proposta. Ele deve ser o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios do Nordeste.

“Em 1988, quando houve a promulgação da Constituição, os municípios tinham 20% das receitas da União. Hoje, só tem 16%. Naquela época, a população não era tão grande como hoje. Os problemas se multiplicam em uma velocidade muito grande e os recursos aumentam em uma velocidade muito pequena”, argumentou o deputado Júlio César.

Ele afirmou que é preciso alterar o pacto federativo com urgência. “Nós defendemos uma reforma da Constituição para compartilhar melhor a receita da União. São nos municípios que se encontram os problemas e as soluções para melhorar diretamente a vida dos brasileiros. E são os prefeitos os gestores diretos mais capacitados para resolver isso”, enfatizou o deputado.

As metas estabelecidas pela CNM propõe aos prefeitos criarem leis para potencializar a arrecadação própria. A Confederação ainda quer a atualização dos programas federais pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), bem como, a ampliação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Para desafogar as finanças municipais ainda deve ser feita a ampliação dos recursos para os programas de saúde e ampliar o orçamento para ações de combate às drogas. Para finalizar, pedem um encontro de contas da Previdência e a ampliação do orçamento para ações emergenciais de convivência com a seca.

http://us10.campaign-archive1.com/?u=d673ccde548951ec4844f1105&id=00111ea463&e=%5BUNIQID


REMÉDIOS MENESES: a beleza das peças feitas de retalhos

Criatividade e praticidade nos trabalhos da artesã

Cada Falso Willekens Van Dorth 23 de fevereiro de 2015 19:47h

Pedaços de tecidos, botões, linhas e bordados são a matéria-prima que a artesã Remédios Meneses utiliza para produzir as mais variadas peças em Patchwork.

São trabalhos manuais feitos de pedaços de tecidos costurados com muita criatividade e delicadeza.

A artesã piripiriense produz inúmeras peças para uso pessoal e em casas e escritórios.

As peças servem como excelentes opções de presentes para chá de bebê, chá de casa nova, chá de cozinha, casamentos, aniversários e amigo-oculto.

São bonecas, pesos para porta, colchas para cama, fronhas, almofadas, panos de prato, bolsas, blusas, tapetes, chaveiros...

... filtro dos sonhos, mantas para sofá, pequenas utilidades para o lar, brinquedos e acessórios.

Remédios Meneses é instrutora de cursos de Patchwork para o Sesc e outras instituições de ensino profissionalizante.

Seus produtos participam de feiras de artesanato em todo o Brasil promovidas pelo Prodart – Programa de Desenvolvimento do Artesanato do Piauí.

Remédios Meneses foi fundadora e a primeira presidente da Associação dos Aratesãos de Piripiri - Artepi, criada em 2004.

Além disso, faz trabalhos de costura em geral e consertos de roupa, com produtos para pronta-entrega e sob encomenda. 

Boa parte dos produtos são feitos com material reciclado e sobras de tecidos, o que demonstra sua responsabilidade com o meio-ambente.

O endereço da artesã é Rua Marechal Floriano, nº 344, Centro, Piripiri, Piauí. Fone 86 9917-8899.




16/02: Dia do Repórter

"Ser repórter é estado de espírito. Ser jornalista é profissão"

Cada Falso Willekens Van Dorth 16 de fevereiro de 2015 08:56h

Parabéns a Euclides da Cunha, que é considerado como o primeiro repórter do Brasil, devido à cobertura da Guerra de Canudos para O Estado de São Paulo, em 1896. Na época, o autor de Os Sertões realizou entrevistas, pesquisou arquivos sobre os personagens da guerra, como Antônio Conselheiro, e narrou para o jornal o que acontecia no arraial. Exerceu a missão de Repórter com coragem, audácia, obstinação, paixão e compromisso com a verdade, como deve ser!

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
________________________________
"Todo repórter é jornalista, mas nem todo jornalista é repórter ."

CARNAVAL: não pergunte por que... e sim por que não

A saudade na cidade do “já teve”

Cada Falso Willekens Van Dorth 12 de fevereiro de 2015 10:17h

Fazer ou não fazer a folia de momo na maioria das cidades do Piauí não demonstra austeridade com o dinheiro público. Pelo contrário!

Antes de se discutir se os cofres da municipalidade devem ou não patrocinar eventos desse tipo, devemos pensar o que fez, ou o que fizeram, para chegarmos a esse ponto... final. Já passamos do sinal amarelo há muito!

Essa situação demonstra exatamente o que não se pode esperar de gestores: isso não é austeridade e sim, falta de seriedade, de transparência, irresponsabilidade e descaso com a coisa pública.

A decisão do Tribunal de Contas do Estado do Piauí - TCE é uma bronca em maus gestores que não fizeram o dever de casa, exatamente como se faz com alunos ruins que não aprenderam a lição. Merecem reprovação?

Do carnaval, sobraram apenas as cinzas... do dinheiro público.

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
________________________________
“Mais de mil palhaços no salão...”

PREVIDÊNCIA: tudo que está ruim, pode piorar

E o governo ainda diz que é para coibir abusos e fraudes

Cada Falso Willekens Van Dorth 08 de fevereiro de 2015 22:39h

Para que o dependente (viúv@, filho menor ou especial) receba a pensão por morte, o tempo de contribuição à Previdência deverá ter sido de dois anos pelo falecido (não existia esse limite antes). O tempo mínimo de casamento ou união estável passa a ser também de dois anos (não existia esse limite antes). O valor da pensão por morte será apenas metade do salário (não existia esse limite antes), mais 10% por dependente (filhos). E pasmem: o fim da pensão por morte para cônjuges (viúv@s), com menos de 44 anos (não existia esse limite antes).

Willekens Van Dorth


W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
________________________________
Trabalhador vem perdendo gradualmente direitos adquiridos e garantidos desde o governo Vargas. A situação dos servidores públicos é muito pior. E de aposentados e pensionistas é de luto!

DEPUTADO JÚLIO CÉSAR: reconhecimento & respeito no 5º mandato

Parlamentar representa Piripiri e região no Congresso Nacional

Cada Falso Willekens Van Dorth 05 de fevereiro de 2015 10:14h

Eleito 5 vezes como deputado federal, o advogado e professor Júlio César (PSD-PI), tomou posse neste domingo (01), no Plenário da Câmara dos Deputados. Já são 16 anos atuando pelo Piauí e com o novo mandato que vai até 2019 serão 20 anos de casa. Júlio César está entre os deputados mais respeitados do Congresso Nacional.

Como representante de Piripiri e região no Congresso Nacional, o deputado Júlio César já conseguiu emendas parlamentares que ajudaram na urbanização e mobilidade em nosso município, a exemplo das últimas obras como os calçamentos das comunidades Caldeirão, Vertentes e São Luiz.


TATOO: o que uma simples figura pode representar

Pense muito bem antes de escolher a sua

Cada Falso Willekens Van Dorth 03 de fevereiro de 2015 10:22h

PM baiano desvenda significados de tatuagens no mundo do crime

Estudo levantou 50 mil documentos e fotos em presidios e delegacias, institutos médicos legais, jornais, revistas e redes sociais, além de raras entrevistas com detentos

Palhaços, índias, magos, caveiras, bruxos, serpentes, polvos, aranhas, peixes, anjos, santos e demônios são figuras comuns nos presídios brasileiros.

Há pelo menos 10 anos, o capitão da Polícia Militar baiana Alden dos Santos se dedica a traduzir os significados destas e outras imagens desenhadas nos corpos de presos e suspeitos de crimes no Brasil e no exterior. Seu estudo sobre os significados das tatuagens gerou uma cartilha, adotada oficialmente como apoio a investigações pela PM da Bahia.

"Foram detalhados os significados de 36 imagens associadas a crimes específicos", diz o capitão. "Muitas delas, além de se repetirem em todo o país, aparecem nos mesmos padrões em países como Estados Unidos, Rússia e locais na Europa."

Além de símbolos mais conhecidos, como palhaços (associados a roubo e morte de policiais), magos ou duendes (comuns entre traficantes), a pesquisa identificou recorrência inusitada de personagens infantis, como o "Diabo da Tasmânia", o "Papa-léguas" e o "Saci-Pererê".

O primeiro sugeriria envolvimento com furto ou roubo, principalmente arrastões. Já o Papa-léguas - ou sua variação mais comum, o "Ligeirinho"- indicaria criminosos que usam motocicletas para o transporte de drogas.

Tatuagens com o demonio da Tazmania sugeririam envolvimento com furto ou roubo, principalmente arrastões

O Saci também teria relação com o tráfico: seus portadores seriam responsáveis pelo preparo e distribuição dos entorpecentes.

Foi pelas redes sociais que a pesquisa de Alden encontrou popularidade: mais de 5 mil pessoas acompanham suas postagens no Facebook sobre supostas conexões entre crimes e tatuagens, além de casos policiais não registrados pela grande mídia.

Pelo YouTube, os vídeos publicados pelo PM já foram vistos mais de 600 mil vezes. O resultado final do estudo já foi baixado pela internet por mais de um milhão de pessoas.

Figura do 'papa-léguas' ou 'ligeirinho' indicam uso de motocicletas para distribuição de drogas

Leia mais: Tatuagem no olho ganha adeptos e polêmica

Estigmatização?

Aproximadamente 50 mil documentos e fotos foram coletados pelo PM: eles vêm de presídios e delegacias, institutos médicos legais, jornais, revistas e redes sociais - tudo isso somado a raras entrevistas com detentos de prisões baianas.

"As principais informações infelizmente não vieram dos presos em si. Há um forte código de silêncio. As conclusões vieram mais pelo cruzamento de dados", diz. Ele explica: "Levantamos, por exemplo, todos os presos que tinham tatuagem do Coringa e cruzamos com suas sentenças. Havia um padrão claro em seus delitos."

Mais conhecidas, tatuagens de palhaços costumam ser associadas a roubo e morte de policiais

O padrão, segundo o militar, indica "roubo e envolvimento com morte de policiais".

"Portadores desta tatuagem demonstram frieza e desprezo pela própria vida", explica o PM. "A maioria parece absorver as características deste personagem - insano, sarcástico, vida louca. Normalmente não se entregam fácil e partem para a violência."

Questionado sobre a estigmatização que a pesquisa poderia provocar sobre quem tem imagens pelo corpo, o policial militar diz deixar claro que cidadãos "nunca poderão ser abordados somente por apresentarem tatuagens descritas na cartilha".

Aranhas indicam suspeitos que agem em grupo; são associados a caçadores que 'esperam pacientemente pelas presas, as prendem e as matam'

"Nosso objetivo não é discriminar pessoas tatuadas, isso seria discriminar o próprio ser humano, que há muito tempo usa tatuagens como forma de expressão", diz o capitão Alden.

Sacis indicariam responsáveis pelo preparo e distribuição dos entorpecentes

Ele diz que, para policiais, a importância do estudo é ajudar o agente a salvaguardar sua integridade física, no caso de tatuagens ligadas a mortes de oficiais.

"Elas também funcionam como mais uma ferramenta para facilitar o trabalho de reconhecimento de suspeitos", diz, citando as imagens de carpas - estes peixes são frequentemente associados à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Segundo o estudo, as imagens acima seriam associadas a membros da facção criminosa PCC

Leia mais: Cientistas criam tatuagem que recarrega bateria com suor

Códigos

Além das imagens figurativas, elementos gráficos, como pontos tatuados nas mãos, também seriam indícios de crimes, segundo o pesquisador.

Um só ponto preto indicaria "batedores de carteira". Dois, na vertical, sugerem estupro. Três pontos, em formato de pirâmide, apontam relação com entorpecentes.

O oficial não teme que a divulgação dos símbolos iniba a exibição ou confecção de novas tatuagens suspeitas.

"A existência desse material não fará com que as facções alterem seus códigos", diz Alden ao #SalaSocial. "Por incrível que pareça, em vez de os suspeitos deixarem de usar a imagem que os associa à prática de determinado crime, o que percebemos é a lógica inversa: quanto mais se tem consciência de que a polícia conhece, mas frequentes são as imagens, como uma espécie de desafio."

Segundo o PM, a tendência não se limita ao Brasil.

"O palhaço, com o mesmo significado, é muito comum também na máfia russa, no México, nos Estados Unidos, em Porto Rico. O mesmo ocorre com a índia (mulher de cabelos negros e longos, que já serviu para indicar quem tinha autorização do tráfico para portar fuzis, hoje mais associada à prática de roubos).

Imagens de magos são associadas a usuários ou traficantes de drogas

Leia mais: A Copa do Mundo em dez tatuagens de astros do futebol

'PM gato'

Não são só as "traduções" das tatuagens que garantem sucesso ao Capitão Alden. Mensagens como "Vc é muito gato. Com todo respeito. Mas se faltar com o respeito vc me prende?" e "Tá lindo, Capitão magia" são comuns nas fotos pessoais publicadas pelo PM em sua página.

Chamado de "PM Gato", Alden minimiza o sucesso pessoal nas redes.

"Eu uso a página só para divulgação de trabalhos da polícia", diz. "Mesmo com tanto assédio das mulheres, a intenção é profissional."

Ele se diz surpreso com o alcance que suas postagens vêm ganhando.

"Gera muita repercussão e isso me dá cada vez mais disposição de alimentar a página. A tatuagem ainda chama atenção, mesmo sendo algo que já faz parte da própria natureza humana", afirma.

Ricardo Senra - @ricksenra Da BBC Brasil em São Paulo


Cartilha de Orientação Policial

Tatuagens: Desvendando Segredos

Autor: Capitão Alden José L. da Silva


EXTINTOR VEICULAR: onde há fumaça, há fogo

A quem interessa o uso desse equipamento sem uso?

Cada Falso Willekens Van Dorth 21 de janeiro de 2015 17:36h

Como no Brasil algumas coisas andam na contra-mão do resto do mundo, com a obrigação de que veículos carreguem extintores de incêndio, não é diferente. Em países do primeiro mundo e grandes fabricantes de automóveis não há nenhuma obrigação legal para uso do equipamento e nem multa pela falta.

Mas por que isso? Estados Unidos, Alemanha, Suécia, China, Canadá, Itália e Japão, por exemplo, entendem que o extintor não é o melhor meio de tentar acabar com um incêndio em um carro. Pelo contrário, o uso não correto pode trazer mais danos materiais e pessoais. Para eles, o ideal é chamar quem entende do assunto: os Bombeiros! Chegaram à conclusão, por estatísticas científicas, que o uso do extintor por leigos é mais danoso do que o não uso.

Aqui no Brasil há um forte lobby de fabricantes de extintores no Congresso Nacional e nos órgãos de trânsito para que a coisa fique como está: bom prá eles. O brasileiro é obrigado a comprar e trocar periodicamente um equipamento que ele nunca usou, não foi treinado para tal e se algum dia precisar, não saberá como agir porque não sabe nem onde fica o equipamento, pela falta de conhecimento para a utilização e pelo desequilíbrio emocional. Até porque extintor veicular não foi feito para apagar incêndio, mas apenas e tão somente acabar com o foco do fogo.

Aqui, além do gasto com a compra e e troca do extintor, ainda tem multa!  Qual será a diferença entre nós brasileiros e os cidadãos do primeiro mundo?

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
________________________________

No Brasil, a lei do uso e do desuso nunca foi usada.


OITI: quem te viu e quem te vê

Corredor verde vira "esqueletos" de árvores

Cada Falso Willekens Van Dorth 15 de janeiro de 2015 10:33h

Avenida Tomaz Rebello, a mais importante e antiga via urbana central de nossa cidade, com pistas de rolamento, calçadas e canteiro central largos e verdes, também já foi a mais arborizada. Grandes oitizeiros nas calçadas laterais e no passeio central ornamentavam e davam vida à essa via.

Os oitizeiros são muito usados na arborização urbana por sua copa frondosa, que dá ótima sombra, resistência aos poluentes urbanos e longevidade. Isso em qualquer cidade. Menos aqui.

Essas árvores centenárias estão morrendo aos poucos e aquele cartão postal hoje virou apenas uma grande sequência de “esqueletos” dos frondosos oitizeiros. Não tiveram tempo nem de nos apresentarem seus frutos amarelados, que são comestíveis e com amêndoas ricas em óleo.

Por erros grosseiros de administrações passadas, os largos canteiros verdes que serviam de leito para os oitis foram cobertos por concreto, em um total desrespeito a essas árvores centenárias. Se você observar bem, a primeira foto aqui postada mostra esses canteiros. 

Com a cobertura de concreto e subsequente impermeabilização do solo, a água pluvial (de chuva) deixou de penetrar no solo e irrigar as raízes, assim como aumentou em no mínimo cinco graus a temperatura do solo. Não há árvore que resista a esse crime ambiental.

Hoje poderíamos ter um corredor verde, com o canteiro central totalmente coberto pela copa frondosa dessas árvores, formando uma sombra agradável, diminuindo a alta temperatura e embelezando ainda mais a nossa cidade.


O que está acontecendo com esse patrimônio paisagístico de nossa cidade? O que foi feito... ou o que deixaram de fazer? O que pode ser feito para recuperar o que já foi  um corredor verde? A inteligência e visão de futuro de administradores das décadas de 60 e 70 foram substituídas por ações impensadas. Mas... com boa vontade tudo é possível... e com má vontade também! Tudo depende de escolhas: erros do passado se refletem no futuro. Que futuro?

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
________________________________
"Árvores são poemas que a terra escreve para o céu. Nós as derrubamos e as transformamos em papel para registrar todo nosso vazio." Khalil Gibran

FERIADOS 2015: maioria às segundas, terças e sextas

Sugerindo os famosos "Feriadões"

Cada Falso Willekens Van Dorth 06 de janeiro de 2015 12:03h

Diferentemente do ano de 2014, que teve muitos feriados nos finais de semana, para a alegria da maioria dos brasileiros, os feriados e pontos facultativos de 2015 são registrados durante a semana (dias úteis), com maior incidência nas segundas, sextas e... terças, o que sugere os famosos feriadões, quando se "enforca" um dia de trabalho. A seguir, feriados nacionais, estaduais e do município de Piripiri.

JANEIRO
01 (Quinta) – Confraternização Universal
18/12/2014 (Quinta) a 06/01/2015 (Terça) - Recesso Forense


FEVEREIRO
16 e 17 (Segunda e Terça) – Carnaval (Recesso Forense)
17 (Terça) – Carnaval


MARÇO
13 (Sexta) – Batalha do Jenipapo (Feriado Estadual/PI)


ABRIL
01, 02 e 03 (Quarta, Quinta e Sexta) – Semana Santa (Recesso Forense)
03 (Sexta) – Paixão de Cristo
21 (Terça) – Tiradentes


MAIO
01 (Sexta) – Dia do Trabalho


JUNHO
04 (Quinta) – Corpus Christi (Para os órgãos da Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública, transferido para 05 (Sexta)

JULHO
04 (Sábado) – Aniversário de Piripiri - PI (Feriado Municipal)
31 (Sexta) – Aniversário de Brasileira – PI (Feriado Municipal)


AGOSTO
11 (Terça) – Dia do Advogado (Para os órgãos da Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública, antecipado para 10 (Segunda)
11 (Terça) – Dia do Estudante
14 (Sexta) Aniversário de Parnaíba – PI (Feriado Municipal)
16 (Domingo) – Aniversário de Teresina - PI (Feriado Municipal)
16 (Domingo) – N. Sra. do Amparo, Padroeira de Teresina - PI


SETEMBRO
07 (Segunda) – Independência do Brasil
08 (Terça) – N.Sra. Da Graça, Padroeira de Parnaíba – PI (Feriado Municipal)


OUTUBRO
12 (Segunda) – N. Sra. Aparecida, Padroeira do Brasil
15 (Quinta) – Dia do Professor
16 (Sexta) – N.Sra.dos Remédios, Padroeira de Piripiri - PI (Feriado Municipal)
19 (Segunda) – Dia do Piauí (Feriado Estadual/PI)
28 (Quarta) – Dia do Servidor Público


NOVEMBRO
01 (Domingo) – Dia de Todos os Santos
02 (Segunda) – Finados
15 (Domingo) – Proclamação da República


DEZEMBRO
08 (Terça) – N. Sra. da Conceição
08 (Terça) – N. Sra Da Conceição, Padroeira de Brasileira – PI (Feriado Municipal)
08 (Terça) – Dia da Justiça
20 (Domingo) a 06/01/2016 (Quarta) - Recesso Forense
25 (Sexta) – Natal

Willekens Van Dorth
W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
________________________________
#FERIADOETRABALHOTUDOJUNTOEMISTURADO
#PORQUESOMOSBRASILEIROS
#ASSIMQUEÉBOM


ENTÃO É NATAL... e....

O que você sabe sobre essa data?

Cada Falso Willekens Van Dorth 24 de dezembro de 2014 19:12h

O que é o Natal

significado do Natal é o nascimento de Jesus Cristo e sua comemoração anual, que acontece há mais de 1600 anos no dia 25 de dezembro.

Natal se refere a nascimento ou ao local onde alguma pessoa nasceu. Por exemplo, a expressão "cidade natal" indica a cidade onde um determinado indivíduo nasceu. A palavra "natal" significa "do nascimento".

Origem do Natal

Natal (com inicial maiúscula) é o nome da festa religiosa cristã que celebra o nascimento de Jesus Cristo, a figura central do Cristianismo. O dia de Natal, 25 de dezembro, foi estipulado pela Igreja Católica no ano de 350 através do Papa Julio I, sendo mais tarde oficializado como feriado.

A Bíblia não diz nada sobre o dia exato em que Jesus nasceu e por isso a comemoração do Natal não fazia parte das tradições cristãs no início. O Natal começou a ser celebrado para substituir a festa pagã da Saturnália, que por tradição acontecia entre 17 e 25 de dezembro. A comemoração do Natal em substituição dessa celebração foi uma tentativa de facilitar a aceitação do cristianismo entre os pagãos.

Apesar disso, alguns estudiosos afirmam que Jesus terá nascido em Abril, e que a data foi instituído pela Imperador Romano Constantino para agradar os cristãos.

História do Natal

A história do Natal está descrita na Bíblia, nos evangelhos de Mateus e Lucas. De acordo com a história do Natal descrita na Bíblia, Jesus nasceu em Belém, em um estábulo.

 Um dos textos mais conhecidos sobre o Natal se encontra na Bíblia, em Lucas 2:1-14:

Naqueles dias, César Augusto publicou um decreto ordenando o recenseamento de todo o império romano. Este foi o primeiro recenseamento feito quando Quirino era governador da Síria. E todos iam para a sua cidade natal, a fim de alistar-se.

Assim, José também foi da cidade de Nazaré da Galileia para a Judeia, para Belém, cidade de Davi, porque pertencia à casa e à linhagem de Davi. Ele foi a fim de alistar-se, com Maria, que lhe estava prometida em casamento e esperava um filho.

Enquanto estavam lá, chegou o tempo de nascer o bebê, e ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.

Havia pastores que estavam nos campos próximos e durante a noite tomavam conta dos seus rebanhos. E aconteceu que um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor resplandeceu ao redor deles; e ficaram aterrorizados.

Mas o anjo lhes disse: "Não tenham medo. Estou trazendo boas-novas de grande alegria para vocês, que são para todo o povo: Hoje, na cidade de Davi, nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor. Isto servirá de sinal para vocês: encontrarão o bebê envolto em panos e deitado numa manjedoura".

De repente, uma grande multidão do exército celestial apareceu com o anjo, louvando a Deus e dizendo:

"Glória a Deus nas alturas,
e paz na terra aos homens
aos quais ele concede
o seu favor".

Significado dos Símbolos de Natal

As comemorações de Natal incluem a presença de diversos símbolos tradicionais como a ceia de Natal, árvore de Natal, o Papai Noel, as músicas, a troca de presentes, o presépio, a iluminação e outras decorações natalinas.

Árvore de Natal

A árvore de Natal é um dos símbolos mais populares, e normalmente é um pinheiro. Há muitas versões sobre a associação da árvore ao Natal. Uma delas é que o formato triangular do pinheiro representaria a Santíssima Trindade. O costume de enfeitar as árvores de Natal surgiu em 1539 em Estrasburgo. Na América Latina, apenas no século XX teve início essa tradição. Atualmente, as árvores são naturais ou artificiais, sendo que estas últimas encontram-se à venda em cores variadas.

Papai Noel

Inspirado na figura de São Nicolau, um bispo do século III, o Papai Noel é responsável por trazer os presentes das crianças no Natal, segundo a tradição.

Estrela de Natal

Simboliza a estrela que guiou os reis magos até o local do nascimento de Jesus, segundo o relato do Evangelho de Mateus, na Bíblia.

Presentes de Natal

Os reis magos deram presentes para Jesus e o bispo Nicolau (que originou Papai Noel) era conhecido por dar presentes. Trocar presentes é uma das tradições de natal mais antigas.

Velas de Natal

Tanto as velas de Natal como as outras iluminações de natal simbolizam Jesus, que afirmou ser "a luz do mundo".

Em termos gerais, o Natal significa paz, alegria, fraternidade e generosidade. Todas as tradições associadas às comemorações natalinas proporcionam um forte aumento das vendas, constituindo a melhor época para os comerciantes.

(significados.com.br)

PIRIPIRI está de luto

Mas de quem é a culpa?

Cada Falso Willekens Van Dorth 19 de dezembro de 2014 10:21h

Nosso município está vivendo o que se chama era das trevas, período de terror, dias sangrentos ou qualquer outro nome que posso levar aos sentimentos que tomam conta de todos os cidadãos hoje: insegurança, medo, impunidade, revolta...

Bons tempos aqueles quando Piripiri era conhecida como “Capital do Mundo”, “Terrinha”, “Terra dos Vagalumes”, “Cidade das Buganvílias e Madressilvas”, “Capital do Humor”. Parece que temos de nos contentar com alcunhas que não condizem com o que era prá ser de uma terra promissora. Piripiri é conhecida agora como “Cidade do já teve”. E para piorar está se tornando uma “Terra sem Lei”.

Mas de quem é a culpa mesmo? De todos Nós! Não adianta tentar se eximir. Ao tratarmos do tema em questão, não é diferente: “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos (...)”. Tá na Constituição Federal no Artigo 144.

Então é responsabilidade da União, do estado, dos órgãos de segurança pública (Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, esse último inexistente em nossa cidade). Mas também são responsáveis outros importantes operadores do Direito como a Justiça, o Ministério Público e a Defensoria Pública.

Segurança também é responsabilidade da Municipalidade, através do aparelhamento e boas condições de trabalho do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, Conselhos Municipais (da Mulher, do Idoso, da Pessoa com Deficiência, da Educação, da Assistência Social, de Segurança... opa... esse não existe aqui...), Defesa Civil, Superintendência de Trânsito, Guarda Municipal e Brigada contra Incêndios (esses dois últimos nunca foram implantados em Piripiri).

Ações de Prevenção Primária para Segurança Pública são de responsabilidade da administração municipal, como iluminação de todos os espaços públicos e ocupação das praças e quadras com atividades esportivas, de lazer e culturais, evitando a ocupação por bandidos e vândalos. E instalação de câmeras para monitoramento do trânsito e da segurança, bem como em todos os órgãos públicos, na partes interior e exterior.

O que dizer do Legislativo Municipal, a Casa do Povo, composta por representantes do Povo? Quais os projetos de Lei, Indicativos e requerimentos para melhorar a segurança?

E qual a responsabilidade do cidadão? Que empresas comerciais, bancárias, restaurantes  instalem câmeras de monitoramente nas áreas internas e externas dos estabelecimentos. Por que não começar respeitando as leis de trânsito, evitando assim tantas mortes? Por que não respeitar o Código de Posturas murando, limpando e fazendo calçadas no seu terreno, evitando áreas baldias e com matagal onde marginais se escondem? E que tal participar ativamente da segurança para todos informando aos operadores do Direito o que você sabe sobre fatos de violência doméstica contra crianças, contra a mulher e contra o idoso? Por que não denunciar os que praticam furtos e roubos e os traficantes que você conhece e as bocas de fumo que você sabe onde funcionam? Existem meios legais de encaminhar essas denúncias sem ser identificado, como o disque-denúncia 100, com ligações gratuitas, um serviço da Presidência da República que funciona todos os dias o dia todo. Aliás, você sabe aonde está seu filho agora? Com quem e fazendo o que? É um bom começo!

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
_______________________________
A segurança é feita por todos e para todos!


LIVRO: "Lagoa de São Francisco: uma história em evolução"

Lançamento nesta sexta, 05/12, às 17h, na Escola Artur Gonçalves

Cada Falso Willekens Van Dorth 05 de dezembro de 2014 07:25h

A escola Artur Gonçalves convida a todos para o lançamento do seu primeiro livro

"É com imenso prazer que convidamos você e toda sua família para participar do lançamento do livro “LAGOA DE SÃO FRANCISCO – UMA HISTÓRIA EM EVOLUÇÃO”, que será nesta sexta (05/12/14) as 17:00 horas na Unidade Escolar Artur Gonçalves de Sousa – Av. Raimundo Florindo em Lagoa de São Francisco – PI.

Será uma noite com muitas atrações como: Teatro, danças, comidas, musicas ao vivo, repente, poemas e poesias, literatura de cordel e livros para venda. Venha participar dessa noite da cultura lagoense."

Fonte: acessenoticia.com.br

DIA DO SAMBA: um ritmo genuinamente brasileiro

"Não deixa o samba morrer. Não deixa o samba acabar."

Cada Falso Willekens Van Dorth 02 de dezembro de 2014 09:38h

O samba é genuinamente brasileiro, apesar de ter raízes africanas, mas nunca foi valorizado por essas terras piauienses, porque preferem ritmos, melodias e letras pobres.

O samba é muito ouvido e valorizado no Rio, São Paulo, Brasília, Minas e Bahia. 

Não esqueçamos que a maior festa da humanidade, em quantidade de dias, de eventos, de participação popular, de dinheiro investido, de atração de turistas, é o "Carnaval", que é samba! 

O "Pagode" é samba! 

Aí nós temos Samba-Enredo, Partido Alto, Samba de Gafieira, Samba-Canção, Marchinhas Carnavalescas, Samba-Exaltação, Samba de Breque, Sambalanço, Samba Raiado, Samba de Roda, Samba de Terreiro, Samba-Batido e a tão intelectual e famosa internacionamente Bossa-Nova, que é um subgênero do samba. 

E ainda temos Samba-Choro, Samba-Funk, Samba-Jazz, Samba-Maxixe, Samba-Rap, Samba-Reggae, Samba-Rock, Sambalada e Samboleiro.

Alguns desses estilos de samba fazem parte de todos os concursos de dança no Brasil, inclusive da "Dança dos Famosos" do Domigão do Faustão. "O samba da minha terra deixa a gente mole. Quando se canta todo mundo bole ..."

Uma das versões é que o Dia Nacional do Samba surgiu por iniciativa de um vereador baiano, Luis Monteiro da Costa, para homenagear Ary Barroso, que já tinha composto seu sucesso "Na Baixa do Sapateiro", mas nunca havia posto os pés na Bahia. Esta foi a data que ele visitou Salvador pela primeira vez: dois de dezembro de 1940.

Em 2005 o Samba de Roda recebeu o título de "Obra-Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade", reconhecido pelo Comitê da Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

O Instituto do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional (IPHAN) aprovou, em 9 de outubro de 2007, em votação de seu conselho consultivo, o Samba Carioca como patrimônio cultural imaterial do Brasil, nas suas três principais formas de expressão: o Partido Alto, o Samba de Terreiro e o Samba-Enredo.

Samba é história, é cultura, é arte, é Brasil!

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
_______________________________
"Quem não gosta de samba bom sujeito não é.
É ruim da cabeça ou doente do pé."