Cada Falso

PIRIPIRI: cortina forte de fumaça cobriu a cidade

Foi na noite desta quarta, 16/09

Cada Falso Willekens Van Dorth 17 de setembro de 2015 13:36h

        

Na noite desta quarta,16 de setembro, Piripirii ficou encoberto por uma forte cortina de fumaça em toda a cidade, proveniente de queimadas em propriedades, terrenos e quintais.

A fumaça muito densa adentrou em todas as residências, causando problemas sérios e agravando a saúde de crianças, idosos e pessoas com problemas pulmonares, cardíacos e com alergia respiratória.

Queimada é crime ambiental, independete da pessoa estar fazendo uso do fogo no seu quintal, no seu jardim ou em sua propriedade, porque causa danos às vezes irreparáveis a um bem comum, como o ar que respiramos, a mortandade de animais silvestres, de árvores e a destruição do habitat natural de várias espécies. Além de secar mananciais de água.

A saída é denunciar os criminosos que ateam fogo, agindo agora na calada da noite para tentar esconder o ato criminoso. As denúncias podem ser encaminhadas ao Ministério Público com o Dr. Nivaldo Ribeiro inclusive de forma anônima, registrar Boletim de Ocorrência na Delegacia, ligar para a Polícia Militar ou ainda utilizar a Linha Verde do Ibam, 0800 61 8080, com ligações gratuitas 24 horas por dia.

Queimadas estão previstas como crime ambiental na Lei Federal nº 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais), que dispõe sobre as sanções penais e administrativas contra atos lesivos ao meio ambiente, como multas e detenções.

As queimadas também podem ser enquadradas como incêndios criminosos se tiver como consequência danos a propriedades públicas ou privadas ou ainda causar a morte de pessoas, de acordo com o Art. 250 do Código Penal.

Piripiri já não possui Corpo de Bombeiros, apesar de ser a terceira cidade do Piauí, e para agravar a situação não se vê vontade da gestão municipal de criar uma Brigada Municipal Contra Incêndios, seja formada por servidores públicos ou voluntários, e nem instituir uma Guarda Municipal, que ajudaria pelo menos na segurança dos imóveis e bens públicos, como acontece em tantas outras cidades.

Willekens Van Dorth