Cada Falso

GONZAGA: o mistério continua. Corpo já foi liberado pelo IML

Deverá chegar em poucas horas a Piripiri para sepultamento

Cada Falso Willekens Van Dorth 03 de outubro de 2015 09:14h

     

O corpo de Luiz Gonzaga Mendes de Sousa, o ¨Gonzaga da Farmácia" foi encaminhado para o IML em alto estado de decomposição. A perícia examina possíveis marcas de violência no corpo, mas não haviam marcas de perfuração por faca e nem por bala, e a parte dos órgãos internos: nos pulmões, se houve asfixia ou afogamento; estômago, fígado e rins se há evidências de envenenamento... Também nenhuma marca visível de fratura... Há de se dizer que o Gonzaga não bebia.

Por incrível que pareça a moto estava intacta, sem nenhuma avaria, e desligada, com a chave de ignição na posição "off", "desligada". E ele não estava de bruços como é comum nesses acidentes. Também é comum calçados saírem dos pés, o que não aconteceu. Também não há marcas de frenagem e derrapagem no asfalto e nem marcas de impacto no pneu da moto e nem na roda. O corpo estava ao lado da moto e não à frente, como também é comum em acidentes. O capacete estava ao lado do corpo e não na cabeça e nem arremessado à distância. Também não estava de óculos, como sempre.

Roupas (calça e camisa), sapatos  e capacete intactos, nenhuma parte rasgada, destruída ou ralada como acontece em casos de acidente com moto...

Carteira, documentos, dinheiro e celular do Gonzaga estavam nos bolsos, intactos...

Corpo e moto vermelha a dois metros do acostamento da BR 222, em um declive leve, que em caso de acidente não causaria a morte de uma pessoa,  à esquerda, do lado da torre da Embratel, em um ponto visível, que qualquer pessoa perceberia se o corpo estivesse lá todos esses dias. Haviam trabalhadores na torre esses dias, que tem uma visão ampla, e não viram nada. Na margem direita existe casa habitada que por todo esse tempo não percebeu nada e nem o mal cheiro que ontem estava insuportável.

Pessoas costumam fazer caminhada no local e praticar ciclismo e nunca viram ou sentiram nada. Não houve incidência de urubus e nem marcas da ação dessas aves no corpo. A Polícia esteve na área, na margem direita da BR, dias antes.

Fomos o primeiro a chegar ao local, junto com a equipe da Rádio FM Cidade de Piripiri e com a vereadora Jôve Oliveira, .. e fui eu, sobrinho da vítima, que reconheci o corpo, registrei as primeiras imagens e percebi todas essas evidências...

No local já aconteceu várias ¨desovas¨de corpos ao longo dos anos. Ou seja...

Agora é aguardar o resultado da perícia no corpo e da quebra do sigilo telefônico, que o Judiciário demorou tanto a decretar. Segundo eu soube por fonte da segurança pública, podemos ter muitas surpresas...

O IML já fez os exames de praxe, recolheu material para pesquisa posterior e o corpo virá ainda hoje, em poucas horas, para Piripiri, onde ocorrerá o sepultamento.

Willekens Van Dorth

W1₤₤3K3И$ √4И D0Я7h ® │ ││▌▌▌▌▌
J O R N A L I S M O.....T E M....N O M E
_______________________________
Tantas perguntas a serem respondidas... Tantas respostas vazias...