• Chrisfapi 2
  • Caramellos
  • Ciro Aragão
  • Sempre Bella (novo endereço)
  • Contabilidade (Amarildo)
  • Mais Sabor 2 (meio)
::PUBLICIDADE
Cia da Saúde
Mistura Fina
Babadhocs
Gráfica Ideal
PREV
Turbina
AABB
Madereira SC
Flexum Academia
Info House
USO Continuo
Gelar
M A Construções
Mais Sabor 2 (botão)
Alfredo
Agiliza
Boticário
Milk Shake
Alfa Internet
Otica São Paulo
Água & Cia
O Machado
Foto Pacífico
Primeiro Ato

Após Paralamas do Sucesso, Festival de Inverno terá também Gal Costa

O evento acaba de ser criado na página oficial da cantora no Facebook.

04 de maio de 2016 12:59h | Postado por: Redação Piripiri em Entretenimento

A cantora Gal Costa é mais uma atração confirmada desta edição do Festival de Inverno de Pedro II. O evento acaba de ser criado na página oficial da cantora no Facebook. Em contato com a empresa responsável pelo contato com Gal Costa, a agenda divulgada no Facebook foi confirmada e a cantora realmente será atração do festival dando fim aos boatos sobre sua agenda.

Além de Gal Costa, já foram anunciados, Os Paralamas do Sucesso e um show de Elba Ramalho e Geraldo Azevedo que completam a programação do evento que acontece de 26 a 29 de maio no município de Pedro II. Gal apresenta seu show "Estratosférica".

Com 70 anos e cinco décadas de carreira, Gal novamente se reinventa. Depois de um disco denso e eletrônico com canções de Caetano, Estratosférica quebra e marca mais uma virada em sua discografia trazendo uma Gal leve, jovial e roqueira só com canções inéditas.

Ela canta músicas de nomes da nova geração, como Marcelo Camelo, Mallu Magalhães, Céu, Criolo, Jonas Sá, Lira (ex-Cordel do Fogo Encantado), Domenico Lancellotti, Moreno e Zeca Veloso, ao lado de Tom Zé, Milton Nascimento, Antonio Cicero, Marisa Monte, Arnaldo Antunes e, como quase sempre, Caetano Veloso. No estúdio, Gal se aliou a Kassin e Moreno Veloso, dois dos nomes mais inventivos da música brasileira atual, que assinam a produção musical e aparecem como instrumentistas em todas as faixas. Daí Estratosférica ser um disco de MPB que dialoga com a contemporaneidade dos trabalhos mais recentes de Caetano ao lado da Banda Cê.



Mistura Fina domingo dia 08 de Maio, Dia das Mães na AABB de Piripiri

04 de maio de 2016 18:11h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Geral



Participe da VIII Semana de Enfermagem da Faculdade Chrisfapi

Inscreva-se hoje mesmo! Você merece!

04 de maio de 2016 17:46h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Geral

É com muita satisfação que convidamos os acadêmicos, Enfermeiros, comunidade e profissionais da saúde em geral para participar da VIII Semana de Enfermagem da CHRISFAPI que ocorrerá entre os dias 12 a 14 de maio, sendo o tema relacionado a reflexão sobre a prática profissional e a formação em Enfermagem no Brasil, pautando nossas principais conquistas, desafios e perspectivas.

Neste ano o tema central da VIII Semana de Enfermagem será “ A Construção Histórica da Enfermagem no Cuidado em Saúde”, onde serão disponibilizados aos acadêmicos e comunidade, nessa edição, apresentações científicas relevantes, haja vista o contexto acadêmico ou dos serviços de saúde, que expressam avanços técnico-científicos e experiências exitosas de trabalho.

A Abertura Oficial da VIII Semana de Enfermagem da Chrisfapi ocorrerá em 12 de maio, às 14 horas, na Clínica Escola da Faculdade CHRISFAPI, onde participarão autoridades e conferencistas.

A agenda completa e edital para envio de trabalhos para a VIII Semana de Enfermagem da Chrisfapi está disponível no site chrisfapi.com.br, composta de conferências, mesas redondas, minicursos e apresentação de trabalhos científicos. As Inscrições poderão ser feitas no horário das 13h às 21h, na Secretaria Acadêmica da instituição, até o dia 10 de maio e para envio de trabalhos científicos até dia 06 de maio.

Confira a programação: http://goo.gl/b8lenj

Faculdade Chrisfapi

O caminho certo para o seu futuro!



Jôve Oliveira gravará programa para televisão aberta, em Brasília

A gravação acontecerá dia 11 de maio

04 de maio de 2016 17:33h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Geral

A Vereadora e suplente de deputada federal, Jôve Oliveira (PTB) foi convidada pelo Partido Trabalhista Brasileiro para participar de um programa que passará em todos os canais abertos da TV nacional, e será exibido nos mais de 5 mil municípios brasileiros.

A gravação será no dia 11 de maio, em Brasília. A vereadora e pré-candidata a prefeita de Piripiri, Jôve Oliveira, terá a oportunidade de destacar a nossa cidade e a nossa gente.

Jôve está feliz por poder participar deste programa e levar o nome de Piripiri para todo Brasil. Assessoria.



MÁRCIO GREYCK é mais um jovem Piripiriense pré Candidato a vereador pelo PHS

04 de maio de 2016 13:44h | Postado por: Paiva Filho em Geral

Quem visitou à nossa redação nesta manhã, 04 de maio, foi o jovem Márcio Greyck, que é pré candidato a vereador e vice presidente do PHS. Ele sempre atuou nos movimentos da igreja católica e é muito querido na cidade.



Prazo para tirar título de eleitor para eleições vence hoje, quarta-feira (4)

Hoje também se encerra o prazo para alteração de endereço.

04 de maio de 2016 11:31h | Postado por: Redação Piripiri em Geral

Os cidadãos adultos e os jovens de 16 e 17 anos que pretendam votar nas eleições municipais de 2016 não devem deixar para a última hora para tirar seu título no cartório eleitoral ou solicitar transferência de município, em caso de mudança de localidade. Quem antecipar a ida ao cartório eleitoral poderá evitar as filas nos dias que antecedem o fechamento do cadastro de eleitores para o pleito deste ano. O prazo para alistamento eleitoral e transferência termina no dia 4 de maio.

Esta também é a data final para o eleitor que mudou de residência dentro do mesmo município pedir a alteração de endereço no seu título eleitoral. O prazo vale, ainda, para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para uma seção eleitoral especial, a fim de que possa exercer o direito ao voto com mais tranquilidade e sem obstáculos de ordem urbana.

O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos e facultativos para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os maiores de 16 e menores de 18 anos, conforme o artigo 14 da Constituição Federal. Pode se inscrever para votar o jovem que completar 16 anos até o dia da eleição, em 2 de outubro.

Documentos

Quem for tirar o título de eleitor pela primeira vez deve comparecer ao cartório eleitoral com documento de identificação com foto, comprovante de residência recente e comprovante de quitação militar para os homens. A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o novo modelo de passaporte não são aceitos para efeito de inscrição eleitoral.

No caso de transferência, o cidadão deve levar o título de eleitor, comprovantes de votação ou de justificativa feita em eleições anteriores, documento de identificação e comprovante de residência recente.

Acesse aqui a Carta de Serviços ao Eleitor.

Com informações do Portal do TSE


Paraíba informa que sábado em virtude da véspera do dia das mães...

Abrirá em horário especial, das 08h00min ás 17:30h00

04 de maio de 2016 11:29h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Anúncios

ATENÇÃO

O Paraíba de Piripiri informa que neste sábado em virtude da véspera do dia das mães abrirá em horário especial, das 08h00min ás 17:30h00, vá ao Paraíba e confira muitas novidades, promoções especiais, além de musica ao vivo, lanches, homenagens a todas as mães com sorteios e brindes.



Janot denuncia Lula e pede investigação contra Dilma, Aécio e Cunha: Entenda.

A denúncia se baseia na delação premiada do senador Delcídio do Amaral.

04 de maio de 2016 10:02h | Postado por: Redação Piripiri em Política

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu nesta segunda-feira (2)  para que o Supremo Tribunal Federal abra uma nova leva de inquéritos a fim de apurar suspeitas relacionadas à Operação Lava Jato.

Pelo menos três políticos listados por Janot ainda não são alvos formais de investigação, mas podem vir a ser caso o Supremo autorize o pedido do procurador-geral: o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o deputado federal Marco Maia (PT-RS) e o ministro do Tribunal de Contas da União Vital do Rêgo (PMDB-PB).

Outros nomes que integram a nova lista de Janot já respondem a inquéritos, mas poderão enfrentar novas frentes de investigação. São os casos do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do ministro da Comunicação Social do governo Dilma Rousseff, Edinho Silva.

As suspeitas que embasam os pedidos de abertura de inquéritos feitos por Janot surgiram a partir dos depoimentos de delação premiada prestados pelo senador Delcídio do Amaral (MS), ex-petista que hoje está sem partido. Os depoimentos de Delcídio também vão reforçar inquéritos já em andamento, como o caso do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Em seu acordo de colaboração com a Lava Jato, formalizado em março, Delcídio cita políticos governistas, ex-governistas e oposicionistas. Várias dessas citações ainda estão em uma pré-análise, como os trechos que em a presidente Dilma Rousseff, seu vice, Michel Temer, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva são mencionados.

Só quando o procurador-geral acredita haver alguma consistência numa acusação de delação premiada é que ele pede a abertura de um inquérito. Os casos da presidente, de seu antecessor e do vice, por ora, ainda estão em aberto.

O caminho que vem sendo traçado na Lava Jato no caso dos políticos é mais ou menos este:

  • Um delator acusa alguém de algum ato ilícito (Dilma, Lula e Temer, por exemplo, foram acusados por Delcídio)
  • Procurador-geral faz uma pré-análise. Se não achar consistência na acusação, pede o arquivamento (Aécio já teve duas menções anteriores arquivadas, por exemplo). Se achar que há consistência na delação, pede um inquérito (é o que ocorre agora com Aécio, Marco Maia e Vital do Rêgo)
  • O Supremo, então, tem de autorizar a abertura de um inquérito, dessa forma a investigação é formalizada (Cunha e Edinho, por exemplo, já são alvo de outras investigações relacionadas à Lava Jato)
  • Ao fim do inquérito, Janot decide se denuncia ou pede o arquivamento do caso. Se o Supremo aceitar a denúncia, o político passa a ser processado criminalmente, ou seja, vira réu (uma das acusações que pesam contra Cunha, por exemplo, já está nessa fase)

Todas as solicitações de abertura de inquérito serão analisadas pelo ministro do Supremo Teori Zavascki, relator das ações relacionadas à Lava Jato no tribunal. Não há prazo para essa decisão.

Há ao menos 68 investigações formais em curso contra políticos na Corte relacionadas ao esquema de desvios na Petrobras ou em outras estatais (a primeira lista de Janot, com os pedidos de inquérito iniciais relacionados à Lava Jato, foi divulgada em março de 2015; depois disso vieram vários outros pedidos).

O que há contra os novos nomes

Senador Aécio Neves (PSDB-MG)

Esta é a terceira vez que Janot analisa uma citação contra Aécio na Lava Jato. As duas primeiras acusações foram arquivadas. No atual pedido, há duas suspeitas contra o senador, que também é presidente nacional do PSDB:

Propinas de Furnas: Aécio é apontado como beneficiário de propinas no esquema de corrupção de Furnas, subsidiária da Eletrobras, de acordo com a delação de Delcídio. Segundo o ex-petista, o responsável pelos desvios de contratos da estatal era o ex-diretor Dimas Toledo, próximo ao senador tucano. Outros dois investigados na Lava Jato, o doleiro Alberto Yousseff e o lobista Fernando de Moura, também afirmaram que o tucano recebeu dinheiro no esquema de Furnas.

Mensalão tucano: Delcídio afirmou que Aécio agiu para maquiar as contas do Banco Rural prestadas à CPI Mista dos Correios, comissão que investigou o mensalão durante o governo Lula, em 2005. Delcídio, que era próximo ao PSDB, presidiu a CPI. Em sua delação, ele disse ter atuado para não tornar públicas informações bancárias que ligariam parlamentares tucanos, entre eles Aécio, ao esquema do mensalão tucano, que segundo o Ministério Público foi uma espécie de laboratório para o mensalão petista.

O QUE DIZ AÉCIO

O senador nega as acusações e afirmou que as investigações são "necessárias" para demonstrar que não há nada contra ele. "As citações que fez ao nome do senador Aécio foram todas por ouvir dizer, não existindo nenhuma prova ou indício de qualquer irregularidade", disse em nota.

Deputado Marco Maia (PT-RS) e ministro Vital do Rêgo (PMDB-PB)

É a primeira vez que ambos são citados na Lava Jato. Segundo Delcídio, os dois "cobravam pedágios" de empresários citados na Lava Jato para que eles não fossem convocados para depor na CPI da Petrobras em curso no Congresso em 2014. Vita do Rêgo, ex-líder do governo no Senado, era o presidente da comissão. Marco Maia, que presidiu a Câmara entre 2011 e 2013, era relator da CPI.

O QUE DIZ VITAL DO RÊGO

O atual ministro do TCU afirmou que as afirmações são "desprovidas de qualquer verossimilhança" e que vai prestar os esclarecimentos necessários.

O QUE DIZ MARCO MAIA

O deputado diz que a afirmação é uma "mentira deslavada", feita com intuito de desgastar a imagem dele e do PT. Em nota, ele afirmou ter feito pedidos de investigação contra 20 empresas e não recebeu doação para campanha de nenhuma delas.

Restante da lista atinge ministro de Dilma e cúpula do PMDB

Os outros dois novos inquéritos foram pedidos Rodrigo Janot:

- Ministro da Comunicação Social, Edinho Silva (PT-SP)

- Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Informações da delação de Delcído também vão reformar inquéritos já em andamento contra:

-Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL)

-Senador Romero Jucá (PMDB-RR)

-Senador Jader Barbalho (PMDB-PA)

-Senador Valdir Raupp (PMDB-RO)

No caso de Cunha, o presidente da Câmara já responde a cinco procedimentos (duas denúncias - uma delas já virou processo - e três inquéritos). Os pedidos de inquérito aprofundam as suspeitas de envolvimento dos principais nomes do PMDB, partido do vice-presidente, que pode assumir a Presidência caso Dilma seja afastada pelo Senado.

Em sua delação, Delcídio afirma que Cunha também recebeu dinheiro do esquema de Furnas. Já as menções a Renan, Jucá, Barbarlho mencionam suspeitas de recebimento de propina em contratos das obras da hidrelétrica de Belo Monte. Todos os citados negam as acusações de Delcídio e afirmam que não há provas contra eles.

Sobre Edinho Silva, o senador afirmou que o então tesoureiro do PT usou notas frias para pagar dúvidas de sua campanha ao governo do Mato Grosso do Sul em 2014. Edinho responde a um inquérito por suspeitas de ter recebido dinheiro desviado de contratos da Petrobras para a campanha de Dilma em 2014, da qual foi o tesoureiro. O ministro afirma que os recursos recebidos na eleição foram legais e declarados corretamente à Justiça Eleitoral.



Ofereça para sua mãe um almoço maravilhoso no Bar e Churrascaria o Cotonete

04 de maio de 2016 09:49h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Anúncios

Neste domingo (8) ofereça para sua mãe um almoço maravilhoso no Bar e churrascaria o Cotonete estaremos aberto a parti das 9:00 horas . Além dos nossos tradicionais pratos, também teremos um cardápio especial, Picanha quilo 70,00 Maminha quilo 55,00 Contra filé 55,00 e galinha caipira completa e pratos diferenciados e tem mais o suco e o refrigerante é por nossa conta. Avenida Dr. João Bandeira Monte.



Em Piripiri a polícia prendeu 2 homens que fabricavam falsa "Cachaça Alemã"

03 de maio de 2016 18:32h | Postado por: Paiva Filho em Geral

No domingo, dia 1º de Maio, uma guarnição da Polícia Militar nas proximidades do IFPI (Instituto Federal do Piauí), prendeu dois homens embriagados, um deles dirigia um veículo, uma Hillux preta. 

Ao averiguar o veículo, os policiais encontraram mais de 600 frascos de "aguardente alemanha para derrame" da marca sobralzim e uma grande quantidade de rótulos do produto, caracterizando que era de fabricação própria.

Um dos presos em seu depoimento confessou que eles mesmos fabricavam o produto e usavam álcool comum misturado a uma substância que mudava a coloração, caracterizando o crime de falsificação e adulteração de medicamento.

Em seu depoimento, um dos presos disse ainda que os produtos eram vendidos preferencialmente na zona rural de municípios como Barras e Castelo do Piauí. A pena para este crime é de até 15 anos de reclusão. Acesseagora.com


Compro terrenos: No Fonte dos Matos, Paciência, Vista Alegre e Flor dos Campos

Pagamento à vista. Interessados ligar para: (86) 99969 4022 / 99590 2050.

03 de maio de 2016 18:18h | Postado por: Paiva Filho em Geral

Procuro terrenos para comprar nos bairros: Fonte dos Matos, Paciência, Vista Alegre e Flor dos Campos. Pagamento à vista. Interessados ligar para: (86) 99969 4022 / 99590 2050.


PM começa a mudar comandos para descentralizar policiamento

O 12º Batalhão de Piripiri está agora sob o comando do coronel Márcio Oliveira.

03 de maio de 2016 12:31h | Postado por: Redação Piripiri em Polícia

A Polícia Militar começa, amanhã (04), as trocas de comandos de policiamento na Capital, em decorrências das mudanças anunciadas na semana passada pelo Comando Geral da Corporação. De acordo com a nova medida, Teresina passa a ter duas grandes áreas de operação, diferente do que acontecia antes, quando contava com apenas um comando de policiamento, responsável por todos os batalhões da região metropolitana.

Nos outros municípios, também haverá mudanças com a descentralização do Comando de Policiamento do Interior em três grandes comandos: Policiamento do Semiárido, Policiamento Norte, e Policiamento Sul.

A primeira troca de comando para adaptação à nova estrutura acontece amanhã (04), com a saída do tenente-coronel Rodrigues do comando do 1º BPM. Ele deixa o posto para assumir o Comando de Policiamento do Semiárido e, em seu lugar em Teresina, assume a tenente-coronel Elza. A informação é do porta-voz da PM, major John Feitosa. De acordo com ele, outras trocas de mudanças estão previstas para as próximas semanas, mas sem data definida ainda.

Entenda a nova estrutura

A nova estrutura da PM do Piauí tem por objetivo ampliar as áreas de coberturas dos batalhões e melhorar o planejamento de operações conjuntas. Na semana passada, o Comando da Corporação anunciou a descentralização dos dois grandes comandos (Capital e Interior) em zonas de atuação menores. Com isso, os policiais vão poder atuar conforme as especificidades e demandas de cada área.

O Comando de Policiamento da Capital (CPC), que era responsável por seis batalhões, agora está dividido em Comando Norte-Sul e Comando Leste-Sudeste. O CPC Norte-Sul ficará sob responsabilidade do coronel Paulo de Tarso (ex-comandante do Interior). Sua zona de atuação compreende o 9º BPM (zona Norte), 1º BPM (Centro), 6º BPM (zona Sul), e Companhia do Promorar.

Já o CPC Leste-Sudeste ficará sob comando do coronel Wagner Torres (ex-comandante da Capital), e será responsável por coordenar as ações do 13º BPM (área da Santa Maria da Codipi), 5º BPM (zona Leste), 8º BPM (zona Sudeste) e a Companhia de José de Freitas.

Interior

O Comando de Policiamento do Interior (CPI) está, agora, dividido em Comando Norte, Comando Sul e Comando do Semiárido. O CPI Norte se estende de Campo Maior a Juazeiro do Norte, compreendendo o 2º BPM (Parnaíba), o 15º BPM (Campo Maior), o 12º BPM (Piripiri), e a Companhia de Policiamento Turístico (Ciptur). Este comando está sob responsabilidade do coronel Márcio Oliveira.

Já o CPI Sul, sob comando do coronel Edson, compreende a região de Floriano a Corrente, abrangendo o 3º BPM (Floriano), o 10º BPM (Uruçuí), o 14º BPM (Oeiras), o 7º BPM (Corrente), e a Companhia de Paulistana. Os municípios localizados na macrorregião de Picos compreendem a área de atuação do CPI do Semiárido, sob responsabilidade do coronel Rodrigues.

Batalhões não sofrem alteração em sua estrutura

O porta-voz da PM, major John Feitosa, explicou que a descentralização dos grandes comandos do Estado não altera a estrutura funcional dos batalhões de Polícias Militar. “Cada BPM vai continuar com seu comandante, como era antes. A única diferença é que eles agora são subordinados aos comandos de acordo com sua localização geográfica, e não mais a um grande comando responsável por todo o interior ou por toda a Capital”, explica.

Para a PM, a descentralização facilita a comunicação entre os batalhões e, consequentemente, melhora o policiamento ostensivo do Estado.

Portal O Dia



Empresário dono da Grafite Móveis é preso por suspeita de sonegação de R$ 22 mi

O empresário ainda é acusado de outros três crimes.

03 de maio de 2016 11:49h | Postado por: Redação Piripiri em Polícia

O empresário José Wilson de Carvalho, proprietário de uma empresa de móveis do Piauí, foi preso ontem (02) suspeito de praticar crime sobre a ordem tributária. José Wilson é investigado desde 2013 pela Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária Econômica e Contra as Relações de Consumo (Deccortec), quando várias lojas da Grafite Móveis foram fechadas no Estado.

De acordo com o Delegado Josimar Brito, da Deccortec, o empresário é suspeito de sonegar cerca de R$ 22 milhões em impostos. Além disso, José Wilson é acusado de outros três crimes: falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

O delegado da especializada, responsável pelo acaso, afirmou ainda que o empresário dificultou as investigações. “Ele está preso preventivamente. Por mais de uma vez ele declarou endereços inexistentes e não compareceu quando era intimado, dificultando nosso trabalho”, disse Josimar Brito.

Contra José Wilson ainda há uma acusação sob a lei Maria da Penha, onde ele aguarda julgamento. Ele prestou depoimento na manhã de hoje na sede da Delegacia.  

Com informações do Portal O Dia


Ruas de Piripiri que eram de mão única agora se transformaram em mão dupla?

03 de maio de 2016 11:34h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Geral

O processo de asfaltamento de algumas ruas que está sendo realizado em Piripiri, além de trazer as melhorias esperadas, também está trazendo um inconveniente para o fluxo correto do trânsito da cidade.

Algumas ruas (pra não falar todas), não se tem uma definição do sentido correto que os motoristas devem seguir. E a soma de sinalização insuficiente, falta de fiscalização e uma imprudência crônica por parte dos motorista e motoqueiros que já é conhecida, principalmente no centro comercial, resulta em imagens de veículos trafegando em sentidos opostos em uma via que deveria ser de sentido único, tornado o simples ato de atravessar a rua, um perigo principalmente para crianças e idosos.

São carros, motos, caminhões, bicicletas e pedestres trafegando onde for mais conveniente para cada um.

Cabe uma fiscalização ou orientando por parte da SUTRAN. Fica aqui o nosso registro de um problema que com um pouco de boa vontade, pode se evitar problemas bem maiores e mais difíceis de resolver.



Visita de cortesia do Arilson Oliveira pré-candidato a vereador Pelo PT do B

03 de maio de 2016 10:56h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Geral

Para as eleições desse ano estão surgindo vários novos nomes, principalmente da juventude. Quem esteve fazendo uma visita à redação do Piripiri40graus, foi o jovem do Caldeirão, Arilson Oliveira, que é pré-candidato, a vereador pelo PT do B.

Durante a sua visita ele relatou que estar muito otimista e que há muito tempo já atua em várias áreas como esporte, cultura e lazer além de apoiar os eventos sociais da sua comunidade, Caldeirão. Boa sorte!



Travesti baleada no Corso morre após mais de três meses no HUT

03 de maio de 2016 08:00h | Postado por: Paiva Filho em Polícia

Morreu na noite desta segunda-feira (02), a travesti Pâmella Beatriz Leão, de 23 anos, atingida com um tiro na cabeça durante o Corso de Teresina, no fim do mês de janeiro. A jovem permaneceu internada por mais de três meses no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e, inicialmente, reagia bem ao tratamento, mas teve complicações, inclusive uma hidrocefalia, e teve que ser submetida a algumas cirurgias. 

Até o momento, o autor dos disparo não foi preso, nem apreendido. Uma adolescente de 17 anos foi apontada como responsável por efetuar o disparo. Ainda no mês de fevereiro, a amiga- que também é travesti- prestou depoimento no 12º DP, e disse que estava dançando com grupo de amigas a música “Paredão Metralhadora” com a arma na mão quando o disparo acidental ocorreu. 

A pistola .40 já foi identificada e seria de um policial que também já foi ouvido pela polícia e estava de plantão no evento. No depoimento, o policial alegou que foi trabalhar sem a arma porque teria sido furtada da sua casa no dia do evento, mas não comunicou ao superior e nem registrou Boletim de Ocorrência. 

A causa da morte de Pâmella Beatriz ainda não foi divulgada. O corpo foi liberado durante a madrugada para familiares providenciarem o velório.