• Chrisfapi 2
  • Sempre Bella (novo endereço)
  • Ciro Aragão
  • Concurso PMP (meio)
  • Caramellos
  • Mais Sabor 2 (meio)
  • Contabilidade (Amarildo)
::PUBLICIDADE
Foto Pacífico
Madereira SC
M A Construções
Otica São Paulo
Cia da Saúde
Mais Sabor 2 (botão)
Alfredo
Gelar
Primeiro Ato
O Machado
Água & Cia
Milk Shake
AABB
Turbina
Agiliza
Mistura Fina
Flexum Academia
Gráfica Ideal
Babadhocs
Alfa Internet
USO Continuo
PREV
Info House
Boticário
CONTONETE

2º dia de Operação Corpus Christi registra condutas perigosas e mortes em BR's.

27 de maio de 2016 09:57h | Postado por: Redação Piripiri em Geral

A quinta-feira (26), segundo dia da Operação Corpus Christi registrou grande quantidade de infrações de trânsito, condutas perigosas praticadas por condutores que ignoraram os riscos à vida e 3 mortes nas BR´s do Piauí.

Ao todo, foram 267 autuações e 26 veículos recolhidos que, somados ao primeiro dia de ação, resulta em 472 autuados (multas) e 50 veículos irregulares retidos. Houve 54 flagrantes de ultrapassagens, que indica a parcial de 80 apenas no feriado. Apenas 8 veículos foram flagrados transitando com excesso de velocidade, no entanto, os casos são graves, sendo que no Km 283 da BR 343, em Campo Maior/PI, um veículo estava transitando a 176 Km/h.

O dia 26 também registrou 3 mortes, sendo 1 em Teresina e 2 em Parnaíba. O primeiro caso aconteceu por volta de meio dia em Teresina, no Km 345,5 da BR 343, sendo uma colisão frontal entre um caminhão e uma motocicleta, na qual o condutor desta faleceu no local.

O segundo acidente com óbito ocorreu no início da noite em Parnaíba, no Km 31 da BR 343, onde um GM Onix conduzido por um jovem de 21 anos que havia saído sozinho de Buriti dos Lopes para Parnaíba, colidiu frontalmente com um VW Parati, com 5 ocupantes, que havia deixado o litoral para seguir até Cocal. Em razão do acidente, vieram a óbito 2 passageiras do segundo veículo, sendo elas uma criança recém nascida e sua mãe, uma jovem de 29 anos. O condutor do GM Ônix sofreu apenas lesões leves e, ao realizar o teste de etilômetro, constatou-se que ele conduzia o veículo sob efeito de álcool, tendo sido preso e conduzido à Delegacia local. Esse ano a PRF já flagrou 85 pessoas conduzindo veículo sob efeito de álcool apenas no litoral do Piauí e, em todo o Estado, esse número chega a 238.

A PRF segue as Operações Corpus Christi e Festival de Inverno de Pedro II com vistas a levar segurança com cidadania a todos. Também estão sendo desenvolvidas ações educativas por todo o Piauí, já se tendo atingido a marca de 882 pessoas sensibilizadas sobre causas que envolvem a segurança no trânsito.



Fabrícia, uma das atrações da Pirifolia, conferindo as novidades da Adois

Rua Professor Antônio Lopes, 448, Piripiri, Telefone:(86) 9991-0455

27 de maio de 2016 09:27h | Postado por: Paiva Filho em Anúncios

A cantora Fabrícia, uma das atrações da Pirifolia, conferindo as novidades da Adois Moda íntima, aliás, a Adois lançou uma coleção especialmente para a Pirifolia! . Rua. Professor Antônio Lopes, 448, Piripiri - PI.Telefone:(86) 9991-0455.



Com grandes sucessos, Geraldo e Elba embalam público em primeira noite de shows.

Nesta sexta-feira a atração principal será a cantora baiana Gal Costa.

27 de maio de 2016 09:12h | Postado por: Redação Piripiri em Entretenimento

Na primeira noite de shows do Festival de Inverno de Pedro II em 2016 só quem pegou falta foi o frio. Ressalva feita, não faltou público, empolgação, grandes canções, coros emocionados e muitos, muitos aplausos. Principalmente para os artistas Geraldo Azevedo e Elba Ramalho, a grande atração da noite desta quarta-feira (26).

No mesmo palco, em dueto, os veteranos da Música Popular Brasileira fizeram uma apresentação digna de festival: sem surpresas e recheadas de grandes sucessos. Dentre tantas canções conhecidas (O princípio do prazer, Sabiá, Moça Bonita etc), o público se identificou bastante com 'Caravana', que está na trilha sonora da novela Velho Chico.

Além dela, estiveram presentes as onipresentes "Sabiá" e "Dona da Minha cabeça", "Bicho de sete cabeças" e canções de Alceu Valença, Dominguinhos e Zé Ramalho.

"Conheço Geraldo desde 1974, dividimos apartamento, moramos juntos, ele está presente em todos os discos da minha carreira. Aprendi a entender o universo musical com ele. É uma das minhas inspirações. A gente se mistura e por fazer um show sem nem ensaiar", disse Elba.

"Elba é a cantora que mais cantou músicas minhas. Ela é madrinha da minha filha. Nos shows do Grande Encontro (Álbum e turnê conjunta entre Elba, Geraldo, Alceu Valença e Zé Ramalho) nós dividíamos camarim. Estamos sempre juntos", completou Azavedo.

A dupla disse estar muito feliz de estar no Festival de Inverno de Pedro II, apesar de décadas de uma carreira de sucesso, os artistas afirmaram ser uma oportunidade para o novo público conhecer seu trabalho. "É um espaço aberto para a gente chegar até os jovens", afirmou Geraldo. "Eu aperrei muito (a produção do evento) para vir para cá", entregou Elba.

"Assistir a esses dois juntos foi um sonho. Qualquer pessoa no Nordeste conhece o trabalho deles e admira. Vim de Teresina e estou muito feliz de estar aqui", disse a economista Sônia Brandão.

Com quase duas horas de show, a Praça da Bonelle, onde fica o palco principal do evento, ficou lotada e encantada com a apresentação, que teve seu momento forró, com centenas de casais dançando em músicas de Dominguinhos, Luiz Gonzaga e Flávio José.

Antes da dupla, entraram no palco o jazz de Xico Barroso e o rock saudoso da banda Retrô, que é de Pedro II. Os filhos da terra mostraram um repertório quase 100% gringo e antigo, com hits dos anos 1970, 1980 e 1990. Abriram com Dire Straits, seguiram com Guns’N Roses, Bryan Adams, Scorpions, Bom Jovi, Legião Urbana e até Europe e John Lennon. Fiel a banda, o público aplaudiu o esforço do jovem grupo.

Quem fechou a noite foi a piauiense radicada no Rio de Janeiro Patrícia Mellodi. Tocou seus maiores sucessos, trouxe uma banda afinada e competente, que levou uma boa parte do público até quase as 4h da quinta-feira.

Nesta sexta-feira a atração principal será a cantora Gal Costa. Já no sábado, o Paralamas do Sucesso é quem dá o tom da festa.


Texto: G1.com/piaui / Fotos: Pedro Santiago


Mãe e bebê de um dia morrem em acidente na BR-343 ao saírem da maternidade

Um dos motoristas envolvidos, havia ingerido bebida alcóolica.

27 de maio de 2016 08:45h | Postado por: Redação Piripiri em Geral

Mãe e seu bebê de apenas um dia de vida morreram em um acidente na BR-343, por volta das 19h, desta quinta-feira (26), em Parnaíba. Maria Luzinete Santos, 29 anos, tinha acabado de sair da  maternidade e voltava para casa no município de Cocal. Ela estava no banco de trás do carro com a filha. No veículo da família estavam ainda mais três pessoas que sobreviveram. Dois tiveram múltiplas fraturas e ficaram presos às ferragens. 

Mãe e seu bebê de apenas um dia de vida morreram em um acidente na BR-343, por volta das 19h, desta quinta-feira (26), em Parnaíba. Maria Luzinete Santos, 29 anos, tinha acabado de sair da  maternidade e voltava para casa no município de Cocal. Ela estava no banco de trás do carro com a filha. No veículo da família estavam ainda mais três pessoas que sobreviveram. Dois tiveram múltiplas fraturas e ficaram presos às ferragens. 

O outro carro envolvido no acidente incendiou com o impacto da colisão. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista foi submetido a teste de alcoolemia que comprovou que ele tinha ingerido bebida alcóolica. O condutor tem 21 anos e não teve a identidade revelada. Ele conduzia um veículo modelo Ônix e permanece preso na Central de Flagrantes de Parnaíba. O teste do bafômetro constatou índice de 0.40 mg de álcool por litro de ar expelido.

Os sobreviventes foram socorridos pelo Samu e Corpo de Bombeiros e conduzidos para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), também no litoral piauiense. O estado de saúde deles é considerado delicado. Os corpos de mãe e filha devem ser liberados para velório na cidade de Cocal, na manhã desta sexta-feira (27). 

"A PRF está preparada para atender a demanda do feriadão, mas infelizmente esse acidente veio a manchar nossa operação. A gente enfatiza que os óbitos estão relacionados a ingestão de bebida alcoólica e direção", disse o inspetor Claudiomar Ferreira.

O inspetor da PRF disse ainda que, somente ontem (26), 99 condutores foram multados por excesso de velocidade. Em um dos casos, o motorista trafegava a 177 km. 

"Uma das nossas vertentes de fiscalização e policiamento para diminuir as estatísticas de acidentes de trânsito é a fiscalização com radar. Ontem, somente na área de fiscalização da nossa delegacia foram flagrados 99 veículos por excesso de velocidade. Isso é um abuso no uso do veículo, flata de senso com seus familiares e amigos e também com outros motoristas. Se um veículo que está em alta velocidade se envolver em uma colisão, as chances de sobrevivência dos ocupantes são mínimas", alerta o inspetor. 

Fotos: Blog do Pessoa


Aproveite as promoções das Lojas Arrudão Eletro em Piripiri e outras cidades

27 de maio de 2016 08:17h | Postado por: Paiva Filho em Anúncios



1º dia de 'Operação' registra grande quantidade de infrações em Pedro II

O não uso do capacete continua sendo o principal problema.

26 de maio de 2016 18:32h | Postado por: Redação Piripiri em Geral

Executando o planejamento da Operação Corpus Christi no Piauí, nesta quarta-feira (25) a PRF desenvolveu ações por todo o Estado com vistas a levar segurança com cidadania todos, combatendo o crime, prevenindo acidentes e protegendo vidas.

Ao todo, foram lavradas 205 autuações (multas), com 24 veículos recolhidos. Chama atenção que cerca de um terço das infrações flagradas (64) e mais da metade dos veículos irregulares recolhidos (13) ocorreram no Município de Pedro II. A Polícia Rodoviária Federal enviou equipes de reforço ao local em razão da expectativa de grande fluxo de veículos e pessoas em razão do evento Festival de Inverno de Pedro II.

A quantidade de veículos flagrados transitando com excesso de velocidade foi de apenas 16, um número baixo se comparado aos demais feriados, mas as 36 autuações por ultrapassagens ligam o alerta para este tipo de conduta relacionada com a colisão frontal, principal causa de morte nas rodovias federais de todo o país.

Observou-se ainda a preocupante realidade do não uso do capacete de segurança, que resultou em 42 autuações em um único dia. O equipamento, que visa proteger a vida e integridade física dos motociclistas, é de uso obrigatório e a penalidade pelo descumprimento é de multa de R$ 191,54 e 7 pontos na CNH.

No que diz respeito aos acidentes, ocorreram 7 em todo o Estado, com um óbito no final da tarde em Picos, decorrente de uma colisão frontal. Em Floriano, a condutora de um Ford Fiesta foi presa após colidir com uma motocicleta e evadir do local sem prestar socorro à condutora desta. O crime de omissão de socorro está previsto no artigo 135 do Código Penal Brasileiro, com pena de detenção, de 1 a 6 meses ou multa, com pena aumentada da metade, se da omissão resulta lesão corporal de natureza grave ou triplicada, se resulta em morte.



Piauí contabilizou 169 casos de estupro até março deste ano

26 de maio de 2016 18:23h | Postado por: Redação Piripiri em Geral

Dados de 2015 indicam que o Piauí registrou 467 casos de estupro. Até março de 2016, foram contabilizou 169 casos.

No interior do Estado, os atendimentos são oferecidos nos hospitais regionais de Bom Jesus, Campo Maior, Corrente, Floriano, Parnaíba, Picos e São Raimundo Nonato. A gerente de Atenção à Saúde, Luciana Sena, conta que o “município de Pedro II está iniciando os atendimentos”.

A gerente explica ainda que é feita uma “parceria com os municípios no sentido de divulgar, ofertar e de atender e acompanhar os casos do estado”. Para tanto, o SAMVVIS conta com uma equipe multiprofissional composta por médico legista, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogo e assistente social. Luciana conta que o serviço também dispões de médico ginecoobstetetra e, caso seja necessários, “outros profissionais são referenciados na rede de saúde”.

Os serviços são porta aberta, funcionando 24h por dia.Para ter acesso, a mulher deve procurar esses locais de atendimento. “É importante ressaltar que o conceito de estupro mudou depois da lei de 12.015, de 07 de agosto de 2009, momento em qual passou a incluir também o ato libidinoso. Nesses casos, essas pessoas devem procurar os serviços até 72 horas e continuar o atendimento na rede”, disse Luciana.

Os serviços contam também com parceria da Secretaria de Segurança, pois estes concedem os médicos legistas para atendimento no próprio serviço de saúde. Os profissionais fazem o exame pericial e coleta de vestígios. A Secretaria da Saúde também oferece cursos de qualificação para os profissionais que estão no atendimento para identificação dos casos, manejo clínico e acompanhamento posterior.

Além disso, também é realizado o monitoramento dos serviços e articulação com os gestores dos serviços, objetivando melhorar a qualidade da assistência. Tipologia Violência sexual é a ação na qual uma pessoa em relação de poder e por meio de força física, coerção ou intimidação psicológica, obriga uma outra pessoa ao ato sexual ou que a exponha a interações sexuais que propiciem sua vitimização.



Técnicos Administrativos da Uespi encerram greve

A instituição passou mais de 30 dias parada.

26 de maio de 2016 18:14h | Postado por: Redação Piripiri em Educação

Os Técnicos Administrativos da Uespi decidiram hoje (25) suspender a greve no setor administrativo da Instituição e por maioria de votos acataram a proposta do Governo do Estado. A categoria estava em greve há mais de 30 dias. O Governo do Estado se comprometeu a fazer um reajuste na faixa salarial dos técnicos administrativos e encaminhar para a Assembleia Legislativa um novo Plano de Cargos e Salários até final de julho. Segundo o secretário de Administração e Previdência, Franzé Silva, esse plano vai ser aprovado em 2016 para entrar em vigor em 2017.

"Entendo que é um primeiro passo. A expectativa é que a parte burocrática, andamento de processos, vida funcional de alunos e servidores volte ao normal. É um sinal de avanço com a comunidade universitária. Nosso anseio é que na próxima segunda-feira, dia 30, na conversa que vamos ter com os professores, a categoria também possa voltar às atividades e não prejudicar o semestre dos alunos da Uespi", afirma Franzé.
 
De acordo com Franzé, o maior prejudicado são os alunos, afinal são mais de 30 dias de paralisação. Para os professores, o Governo do Estado se comprometeu a fazer as promoções de mestrados e doutorados e mudanças de níveis dividido em duas parcelas, observando o impacto financeiro. "Seria uma parcela em junho e a outra em outubro deste ano", afirma.
 
O compromisso do Governo com os professores é constituir uma comissão que irá fazer a minuta do edital de concurso para professores efetivos. Esse edital será lançado logo que seja concluído o PDI-Plano de Desenvolvimento Institucional da Uespi, que é feito por eles. De acordo com Franzé, o governador confirmou investimentos de R$ 25 milhões para melhoria na estrutura da Uespi e ampliação de 25% das bolsas para os alunos. Hoje são em média, 800 bolsas. O governador autorizou ampliar para mil bolsas.
 
"O primeiro pedido dos professores era retirar a Uespi da Lei Geral de Lotação. Isso já foi atendido pelo Governador. Nossa expectativa agora é de que os professores também possam voltar ao trabalho na segunda-feira, dia 30.



Em entrevista, suspeito de estupro em Castelo fala sobre crime e acusa policial

26 de maio de 2016 18:07h | Postado por: Redação Piripiri em Polícia

Detido na penitenciária de segurança máxima na cidade de Altos, o suspeito do crime de estupro coletivo ocorrido em Castelo do Piauí, Adão José da Silva Sousa, 42 anos, concedeu entrevista ao Jornal do Piauí nesta quinta-feira (26) e reafirmou que não cometeu o crime. Ele reafirma a tese de que não estava na cidade no dia. Adão também acusou o policial militar Elias Júnior de ter “encomendado” o crime aos outros três menores envolvidos, condenados pelo estupro.

O estupro de quatro mulheres adolescentes aconteceu no dia 27 de maio de 2015 em Castelo do Piauí e levou à morte uma das adolescentes. Adão é acusado pela polícia e pelo Ministério Público de ser o mentor do crime que culminou na morte de uma das quatromulheres vítimas. Atualmente, ele cumpre pena e está recluso em área de isolamento da Casa de Detenção Provisória de Altos por roubo e lesão por tiro à filha de um vereador em Castelo do Piauí, dias antes do estupro. Também responde por porte ilegal de armas e a dois processos por tráfico de drogas, mas ainda não foi julgado pelos estupros.

“As 22h eu fiz um assalto na frente da casa da vítima, que é a filha do vereador. Inclusive, esses meninos trabalhavam para esse vereador. Fiz esse assalto e dei um tiro na vítima. Os moleques (menores acusados) vinham comprar droga na minha mão e falaram para mim: ‘olha, a polícia está atrás de ti. Vem polícia de Campo Maior, de Teresina, porque tu roubou a filha do vereador’. Foi aí que eu fique sabendo que ela era filha do vereador. [...] 

Aí eu fiquei em Castelo até 18h no sábado, 18h eu vim pela linha do trem até Campo Maior. Só que passei em São Mateus, no domingo eu estava em São Mateus e tenho prova. Segunda-feira de manhã eu estava em Santo Antônio. Cheguei em Campo Maior por volta de 14h para 4h30 e fui direto para uma boate e fiquei terça, quarta, que foi o dia que aconteceu o caso das meninas, e eu estava na casa do Robert, muito louco de maconha e cachaça”, afirmou o acusado.

Adão afirmou que os outros três envolvidos no crime trabalhavam para o vereador, o qual ele havia atirado na filha e que o policial Elias Júnior pagou o valor de R$ 2 mil reais para os meninos cometerem o crime e o acusarem de estar envolvido.

“Tiraram essa história de mim foi por causa do Elias Júnior, que está sendo culpado e quis jogar para cima de mim. Aquele menor que morreu, recebeu dinheiro para colocar meu nome, recebeu R$ 2 mil para falar que era eu que estava lá”. [...] Não conheço ele, não sei quem é ele não sei porque ele mandou me colocar nesse crime, porque ele que é o verdadeiro culpado. Ele que mandou fazer esse crime com as meninas. Ele falou para os moleques que eram para eles fazerem uma coisa que nunca tinha acontecido em Castelo para ele voltar para o cargo dele em Castelo de novo”. 

A TV Cidade Verde tentou falar com o policial sobre as acusações de Adão, mas não conseguiu. Contudo, a TV informou que, por parte da polícia, já ouve apuração e investigação quanto as suspeitas apontadas por Adão, mas que nada foi encontrado contra ele.

O acusado afirmou que conversou que estava presa, que passou essas informações, mas não quis informar quem é a suposta pessoa.
Quando informando de que uma das vítimas do estupro o teria reconhecido, ele disse que ‘se ela falou, ela está mentindo. Não conheço ela, não conheço nenhuma delas, não sei nem quem é ela, ou estão sendo pagas para falar”.

O suspeito disse desconhecer o calção sujo de sangue encontrado pela polícia. Exames feitos na peça apontam que o sangue é de um dos infratores envolvidos. “O calção não era meu. Eu não estava nem com aquele calção, não sei nem como apareceu aquele calção. Não estava vestido naquele calção [...] E outra coisa, quando eu fugi de castelo eu estava de calça cumprida”, disse Adão.

Sobre os estrupros ele disse: “Um absurdo, podia ser uma Lei cadeira elétrica, porque não tem cabimento  nenhum estuprar uma mulher, estuprar umas crianças e ainda mais do jeito que fizeram, colocaram pedras na vagina. Tenho duas filhas maravilhosas. Se acontecesse isso com minhas filhas, eu ia provar os fatos reais e ia punir os verdadeiros culpados".

Adão embasa sua defesa buscando sua absolvição com base nos exames de DNA, pois em nenhum deles foi encontrado material genético do acusado nas vítimas. “É uma prova de que eu não estava lá, e que eu nunca estive e não sei porque estão falando uma coisa dessa de mim, que eu sou o líder. Que líder é esse? Isso não é um líder, é um demônio” 

No presídio, ele agora está em processo de alfabetização e diz que conheceu a palavra de Deus e se considero uma nova pessoa

Com informações do CidadeVerde.com


Servidores fazem paralisação geral em Lagoa de São Francisco

Cobram o Piso Nacional e salários atrasados

26 de maio de 2016 10:49h | Postado por: redacao@piripiri40graus.com em Geral

Servidores públicos de todas as áreas, principalmente da educação, tomaram as ruas da cidade e se concentraram em frente ao Centro Administrativo para protestaram com um dia de paralisação contra atrasos de reajustes não repassados pela administração ao funcionalismo.

Os servidores reclamam ao prefeito o corte irregular de turnos desde agosto do ano passado, o pagamento do piso nacional dos agentes de saúde que é garantido por lei desde 2014, cobram o PMAQ - Programas de Incentivo aos servidores da Saúde que nunca foi repassado e outros direitos que a administração não está cumprindo.

"Passamos anos e anos nos formando e especializando, fizemos concurso dentro da lei para dois turnos e agora somos trocados por auxiliares contratados dando aula em nossos lugares", lamenta o vice-presidente do Sindicato, prof. Anécio.

"Cada servidor deve estar lotado na função para a qual foi concursado. De forma regular todos temos nossos direitos e vamos lutar juntos: educação, saúde, auxiliares, todos são servidores", garantiu o vice-presidente que usou um nariz de palhaço enfatizando a forma como estão sendo vistos pela administração pública municipal.

O Sindicato da categoria resolveu através de assembléia realizar o movimento depois de tentativas frustradas de diálogos e respostas, fato que motivou a entidade a fazer centenas de denúncias junto ao Ministério Público Estadual e impetrar ações diversas na justiça, buscando reaver os direitos dos servidores.

"Desde a nossa fundação em 2010 que estamos lutando no combate ao abuso do poder e a perseguição contra os nossos companheiros servidores públicos e vamos continuar", disse a presidente.

"Estamos esperando uma  solução, só que não vamos esperar de braços cruzados a boa vontade do prefeito. Vamos continuar lutando. Aqui até a maioria dos vereadores está contra as causas dos servidores, não é uma luta fácil, mas vamos continuar", enfatizou a presidente.

Segundo ainda informou a presidente do sindicato, Noeme Rodrigues, muitos servidores ficaram endividados depois do corte de turno e o prefeito vem contratando outros tipos de profissionais em substituição aos que foram cortados, prejudicando a vida dos servidores e a qualidade dos serviços.

Os servidores passaram em caminhada pelas principais ruas da cidade mostrando faixas, cartazes, carro de som e apitaço com nariz de palhaço, buscando sensibilizar a população para a realidade vivida no município.

Além dos servidores, acompanharam o movimento pessoas comuns e sensíveis à causa, pais de famílias, parentes dos servidores e alunos com aulas prejudicadas ajudaram no movimento.

Fonte: portalplanetabrasil


Concurso da Prefeitura de Piripiri tem novo edital de retificação

25 de maio de 2016 18:56h | Postado por: Paiva Filho em Geral

A Prefeitura de Piripiri lançou edital de retificação terça-feira, 24 de maio de 2016.

Na retificação, as provas para os cargos de nível médio e superior serão realizadas no dia 28 de agosto de 2016, no turno da manhã, no horário de 8:00 às 12:00.

Já no turno da tarde, das 14:00 às 18:00 horas, serão aplicadas as provas para os cargos de nível fundamental.

Confira o edital de retificação. Clique aqui:

Edital



Alunos do CFF em visita ao Museu e Câmara Municipal

25 de maio de 2016 18:39h | Postado por: Paiva Filho em Geral

Os alunos do 4º e 5º anos do Colégio Frei Francisco contextualizam seus conteúdos de História e Geografia com aulas-passeio bastante criativas. Prova disso foram as visitas realizadas ao Museu de Perypery e à Câmara Municipal visando a um aprendizado mais dinâmico. As professoras Augusta Gomes e Pâmela Melo, juntamente com a coordenadora do Ensino Fundamental I, Socorro Castro, explicam a importância dessas aulas:“Esta é mais uma ação do PUGH (Plano Unificado de Geografia e História) desenvolvido em todos os níveis de ensino da Instituição, são aulas mais concretas para a fundamentação dos conteúdos das disciplinas envolvidas, fazendo assim com que os alunos aprendam muito mais.”



Prepare- se, vem ai o MADRUGADÃO PARAIBA, dias 30 e 31 de Maio

25 de maio de 2016 18:11h | Postado por: Paiva Filho em Anúncios

Prepare- se, vem ai o MADRUGADÃO PARAIBA, dias 30 e 31 de Maio, a partir das 7hrs da manhã. Não Perca!

A loja abrirá na segunda-feira dia 30 uma hora mais cedo, para a grande promoção, serão dois dias de preços baixos para você aproveitar, todos os setores da loja com até 70% de desconto, é imperdível, não fique de fora, aproveite para fazer suas compras no Madrugadão Paraíba tudo que você precisa com o menor preço.

Aproveite! É imperdível!

SOMENTE DIAS 30 E 31 DE MAIO!



Atenção massa forrozeira e vaqueirama de toda região!!!

Participe da V. Vaquejada​ no povoado Vereda dos Zezinhos

25 de maio de 2016 12:21h | Postado por: Paiva Filho em Anúncios

Atenção massa forrozeira e vaqueirama de toda região convidamos a todos a participa da nossa V. Vaquejada​  no povoado Vereda dos Zezinhos, com início a partir das 05hs da tarde  são 08hs de muito forró, dois palco montados e segurança total no local do evento. Organização: José Carlos. Douglas. Rosilene e Maciel.


Comissão de professores vai à Câmara de Vereadores buscando melhorias na Uespi.

A universidade se encontra em greve geral há mais de um mês.

25 de maio de 2016 10:40h | Postado por: Redação Piripiri em Educação

Uma comissão formada por professores, coordenadores e diretores da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), juntamente com o promotor de justiça de Piripiri, Dr Nivaldo Ribeiro estiveram na Câmara Municipal de Piripiri na noite desta terça, dia 24.

Na pauta dos docentes esteve, além da preocupante situação do Campus Piripiri que no momento se encontra em greve há mais de um mês sem previsão de retorno da atividades, propostas de melhorias e uma maior aproximação entre a universidade e a sociedade.

Apesar do pequeno quórum no parlamento, os vereadores presentes se disseram surpresos com a atual situação e se disponibilizaram à atender às reivindicações dos professores.